Crise no Barcelona após jogar com portões fechados

Comentários()
Getty Images
Reunião de emergência do Conselho de Bartomeu após a vitória sobre o Las Palmas por 3 a 0

O Barcelona realizará na tarde desta segunda-feira (2), no Camp Nou, uma reunião extraordinária do Conselho de Administração, um dia depois de jogar contra o Las Palmas de portões fechados. A medida foi uma solução para compensar a recusa da Federação e da La Liga de cancelar o duelo e evitar sanções desportivas por falta de presença.

Os jogadores e treinadores, com exceção de Piqué e alguns outros, não estavam à favor de perder seis pontos, e preferiram mostrar a sua rejeição com as cobranças policiais em um estádio completamente vazio.

O debate que ocorreu dentro do clube deixou duas demissões ao longo do caminho: a do vice-presidente institucional Carles Vilarrubí e a do gerente Jordi Monés. Ambos queriam adiar a partida como um sinal de protesto pelas ações que foram realizadas em toda a Catalunha para impedir o voto na consulta sobre a independência catalã. É uma das piores crises que o Conselho de Bartomeu.

Barcelona Fans
Torcedores ficaram do lado de fora do Camp Nou no último domingo (1) / Foto: Getty Images

O Barça anunciou que, após a reunião de emergência, haverá uma aparição pública na sala de imprensa do Camp Nou. Desconhece-se quem irá comparecer e se será apenas um pronunciamento ou coletiva de imprensa.

Fechar