Copa do Brasil e Gauchão: o que acontece com o futebol no RS com a bandeira preta?

Arena do Grêmio 2021
Reprodução/Twitter Grêmio
Ampliação das restrições em função da pandemia de coronavírus começam a valer no sábado (27)

Diante da alta de contágio de coronavírus no Rio Grande do Sul e do pico de internações em hospitaes, o governo estadual do estado decidiu, na quinta-feira (25), ampliar as restrições e já a partir do sábado (27), todas regiões estão em bandeira preta. Com a decisão, a final da Copa do Brasil entre Grêmio e Palmeiras sofreu uam alteração de horário e o Campeonato Gaúcho pode estar ameaçado.

Futebol ao vivo ou quando quiser? Clique aqui e teste o DAZN grátis por um mês!

GaúchaZH trouxe a informação de que o governador Eduardo Leite entrou em contato com integrantes da direção da CBF para tentar mediar um possível adiamento do primeiro confronto da decisão do torneio nacional. O jogo entre Grêmio e Palmeiras estava marcado para o próximo domingo (28), às 16h (de Brasília), em Porto Alegre.

Arena Grêmio Porto Alegre Libertadores 02102018 Foto: Lucas Uebel/Getty

A prosta de Eduardo Leite de manter a data da partida, mas mudar o horário, foi acatada pela CBF, que remarcou o jogo para às 21h (de Brasília), ao invés das 16h, com estava antes. Por meio de sua assessoria, o governador afirmou que "o problema não é o jogo, mas as aglomerações que pode causar, tanto neste domingo quanto no próximo". 

Com o toque de recolher às 20h (de Brasília), os torcedores não vão conseguir se juntar para acompanhar ao jogo, algo que o Governo temia que acontecesse no antigo horário, durante a tarde, quando a circulaçào ainda é liberada.

Realocar a final contra o Palmeiras para outro Estado da Federação também poderia ser uma alterantiva para a CBF, que optou por um nono horário. O jogo da volta da final da Copa do Brasil está programado para o dia 7 de março, às 18h (de Brasília), em São Paulo.

Fica em dúvida também sobre a realização do Campeonato Gaúcho de 2021, que tem início no sábado (27). A organização ainda não se manifestou sobre eventuais mudanças no calendário da comeptição estadual.

Outras atividades de lazer e práticas estão proibidas na bandeira preta do Estado. Parques temáticos, zoológicos, teatros, auditórios, casas de espetáculos e shows, circos, cinemas, bibliotecas e demais tipos de eventos, seja em ambiente fechado ou aberto, não devem ocorrer. O mesmo vale para academias, centros de treinamento, quadras, clubes sociais e esportivos.

Fechar