Como poderá jogar o Chelsea com Alex Sandro e Bakayoko

Comentários()
Getty Images
Time inglês terá pelo menos três opções táticas com os possíveis novos reforços

Alex Sandro e Tiemoue Bakayoko são os jogadores que estão mais perto de ir para o Chelsea. O lateral da Juventus e o meio-campista do Monaco podem se encaixar no sistema tático do atual campeão inglês, mas também dar alternativas para Antonio Conte mudar a estratégia.

Levando em conta que Lukaku é o possível substituto de Diego Costa como centroavante do Chelsea, se o brasileiro realmente sair, a Goal montou abaixo três possíveis escalações da base do Chelsea para a próxima temporada.


3-4-3


Chelsea XI

Nessa opção o esquema tático atual seria mantido. Alex Sandro mandaria Marco Alonso para o banco de reservas. O espanhol jogou bem, mas o brasileiro está um nível acima dele e chegaria para ser titular.

No meio-campo o Chelsea está prester a perder Matic, o que daria espaço para Fàbregas se firmar ao lado de Kanté. Mas Conte gosta de ter meio-campistas mais enérgicos e marcadores, portanto Bakayoko teria condições de ser titular.


3-5-2


Chelsea XI

Nessa formação Alex Sandro jogaria exatamente como jogou diversas vezes na Juventus. Ele tem bastante liberdade para atacar por causa da presença de três meio-campistas marcadores.

Bakayoko seria um deles e, como Kanté e Fàbregas, formaria uma parceria que daria um equilíbrio interessante para o Chelsea.


4-2-4

Mais artigos abaixo

Chelsea XI

 É uma formação mega ofensiva, mas foi utilizada algumas vezes na temporada passada. Se precisar novamente, os possíveis reforços vão se encaixar dessa maneira.

Alex Sandro atuaria em uma linha de quatro defensiva e teria que se adaptar. Na Juventus ele jogou algumas vezes assim, mas tinha proteção enérgica dos volantes. E agora ele pode depender justamente de Bakayoko para que o time não fique desequilibrado.

Próximo artigo:
Semifinais da Copa São Paulo 2019: quando é, quais são os times e todas as informações
Próximo artigo:
Barcelona confirma chegada de Kevin-Prince Boateng
Próximo artigo:
Man United: Mata diz que time quer "ainda mais" após vitórias em sequência
Próximo artigo:
Em meio às críticas a Sarri, David Luiz é voz e defesa do técnico na crise do Chelsea
Próximo artigo:
Emery diz que agora é tarde para o Arsenal se arrepender pela ida de Ramsey para a Juventus
Fechar