Notícias Placares ao vivo
Corinthians

Clubes de SP fazem campanha pela liberação da cerveja nos estádios; FPF apoia

12:10 BRT 01/07/2019
LiberaBreja Cerveja
A venda ou distribuição de bebidas alcóolicas em um raio 200 metros dos estádio de futebol é proibida desde 1996 em todo o estado de São Paulo

Os clubes de São Paulo e a Federação Paulista de Futebol (FPF) lançaram, na última sexta-feira (28), a campanha #LiberaBrejaSP para pedir a liberação da venda de cerveja nos estádios. Nesta segunda-feira (1), foi a vez de Reinaldo Carneiro, presidente da FPF, de se manifestar sobre o assunto e pressionar o governador João Dória.

Quer ver jogos ao vivo ou quando quiser? Acesse o DAZN e teste grátis o serviço por um mês!

A venda ou distribuição de bebidas alcóolicas em um raio 200 metros dos estádio de futebol é proibida desde 1996 em todo o estado de São Paulo.

O texto compartilhado nos perfis de São Paulo, Corinthians, Santos e Palmeiras diz que "Estádio de futebol é o único local onde é proibido beber cerveja em São Paulo. A Assembleia Legislativa já liberou, agora está nas mãos do Governador para sancionar. É hora de mudar isso".

No dia 13 de junho a Assembleia de SP aprovou a liberação da venda de cerveja e outras bebidas alcoólicas nos estádios, mas a mudança ainda depende da sanção do governador João Doria.

Em entrevista ao site Gazeta Esportiva, o presidente da FPF cobrou uma postura do governo de São Paulo:

“Temos trabalhado muito em conjunto. A Assembleia toda entendeu que a liberação da cerveja não é para fazer baderna, e sim negócio, para gerar receita, para trazer um torcedor que venha torcer e consumir. É muito simplista ter a cabeça dos tempos passados, que significava: beber no estádio é briga e confusão”, afirmou Carneiro.

“Beber no estádio é família, é paz, é gerar negócios para que a gente possa fornecer o entretenimento cada vez melhor. No mundo inteiro a cerveja faz parte do entretenimento com ordem e segurança, e São Paulo vai dar esse exemplo também”, concluiu, confiante.

O projeto do deputado Itamar Borges (PMDB-SP) diz que a venda pode atrair mais torcedores aos estádios e aumentar a arrecadação dos clubes e de tributos pelo Estado. O deputado também argumenta que a bebida alcoólica não teria relação com um possível aumento de violência.

QUER VER JOGOS AO VIVO OU QUANDO QUISER? ACESSE O DAZN E TESTE O SERVIÇO POR UM MÊS GRÁTIS!

Muitos torcedores estão compartilhando as publicações e marcando o governador João Doria para pressioná-lo, mas por enquanto a posição do tucano é de não aprovar a mudança.

Doria segue recomendação da Procuradoria Geral do Estado e argumenta que a mudança seria inconstitucional. O órgão diz que o Estatuto do Torcedor proíbe a comercialização de bebidas alcoólicas em estádios do país.