Chelsea faz as suas apostas: Richarlison, Carroll e Hazard

Comentários()
Getty composite
Os Blues buscam melhorar o ataque, mas apenas um destes três nomes chegaria em janeiro

O atacante Andy Carroll, grandalhão com passagens por Newcastle, Liverpool e atualmente no West Ham é o principal alvo do Chelsea nesta janela de transferências de janeiro. No entanto, os Blues já pensam nos reforços para a próxima temporada, com o brasileiro Richarlison, do Watford, e Thorgan Hazard, do Borussia Monchengladbach, como maiores candidatos.

A equipe de Stamford Bridge ainda acredita no poder decisivo de Álvaro Morata no comando de ataque, embora o jogador contratado junto ao Real Madrid não viva um bom momento – já são cinco partidas sem balançar as redes. Mesmo assim, o Chelsea quer reforços ofensivos já que o belga Michy Batshuayi, emprestado ao Sevilla, dificilmente retornará agora.

O caso de Carroll, entretanto, não é dos mais fáceis. Afinal de contas, o West Ham já se planeja para perder dois atacantes: Diafra Sakho e Javier "Chicharito" Hernández. Por isso, os Hammers provavelmente pedirão uma grande quantia em dinheiro para emprestar o atleta de 29 anos, além de obrigarem o Chelsea a pagar a totalidade do salário de 90 mil libras [cerca de R$ 386 mil] semanais do jogador.

RICHARLISON WATFORDO brasileiro do Watford é destaque desta premier League (Foto: Getty Images)

Richarlison não está disponível nesta janela de janeiro, mas o Chelsea já negocia a sua contratação com o empresário Giuliano Bertolucci – que tem vários de seus clientes no elenco principal do clube londrino. Outro nome que está na mira é Thorgan Hazard, irmão de Eden, grande estrela e camisa 10 dos Blues.

Thorgan Hazard Borussia MonchengladbachThorgan Hazard, do Gladbach (Foto: Getty Images)

Uma eventual chegada do meia-atacante do Borussia Monchengladbach também poderia ajudar a convencer Eden a permanecer no Chelsea, em meio a especulações envolvendo uma potencial transferência para o Real Madrid. Os azuis de Stamford Bridge também estavam interessados em Alexis Sánchez, do Arsenal, mas o destino do chileno deverá ser o Manchester United.

Por isso, a janela de transferências de janeiro não deverá ser uma das melhores para o treinador Antonio Conte, cujo destino ainda não está definido em meio a crises com a direção do clube e especulações que o colocam no Paris Saint-Germain ou seleção italiana.

Em parceria com Bruno Andrade.

Próximo artigo:
Barcelona é denunciado pelo Levante por escalação irregular e pode sofrer punição
Próximo artigo:
O acerto de Ganso ao escolher o Fluminense
Próximo artigo:
Paulistão 2019: estreia dos grandes, quando, onde e como assistir os jogos
Próximo artigo:
Solari estaria irritado com excesso de peso de Marcelo
Próximo artigo:
Atlético de Madrid abre negociação com o Porto por Alex Telles
Fechar