Barcelona insiste em Lautaro: salário de R$ 55 milhões para atrair atacante da Inter

Lautaro Martinez Barcelona
Gett/Goal
Goal revela com exclusividade a quantia que o clube catalão vai oferecer para vencer a disputa pelo argentino na janela de transferências

O Barcelona pretende oferecer um salário anual de 10 milhões de euros (cerca de R$ 55 milhões na cotação atual) para tirar o atacante Lautaro Martínez da Inter de Milão, segundo confirmaram fontes ligadas à negociação.

Apesar da incerteza financeira provocada pela pandemia do novo coronavírus em todo o mundo, o clube catalão segue trabalhando em busca do argentino, seu principal alvo no mercado no momento, e não deve economizar para levá-lo à Espanha.

Embora a quantia que Lautaro pode receber impressione, ela é bem menor do que o salário atual do uruguaio Luis Suárez, principal centroavante da equipe no momento. Isso inclusive permitiria que o Barça permanecesse dentro das regras do fair play financeiro, que estipula que os clubes não devem gastar mais de 70% de sua renda anual em rendimentos dos funcionários. 

Lautaro vive ótimo momento na Inter e anotou 16 gols em 31 jogos nesta temporada antes da paralisação do futebol por causa do surto de Covid-19. O desempenho chamou a atenção de clubes ao redor da Europa, mas agora é o Barcelona quem parece estar na frente na briga pelo atleta.

O Chelsea é outro candidato a fazer uma proposta pelo argentino, mas, segundo informações da Goal, Jadon Sancho, atacante inglês do Borussia Dortmund, é o alvo principal dos londrinos. Os Blues também só devem ir atrás de reforços para o setor se a negociação de renovação de contrato com o francês Oliver Giroud realmente fracassarem.

O Real Madrid também foi especulado como possível destino de Lautaro. O agente do jogador, Beto Yaque, disse inclusive que o cliente nunca descartou defender os merengues - embora tenha recusado uma oferta quando tinha apenas 18 anos. 

Mais artigos abaixo

Ao jornal catalão Mundo Deportivo, porém, o empresário afirmou que Lautaro não está preocupado com o futuro. "Ele trata tudo isso como nada, pois está focado apenas no clube dele. Mas claro que ele fica satisfeito em saber que vem fazendo as coisas bem".  

Além de uma possível disputa com outros clubes, o Barcelona encara uma corrida contra o relógio para contratar o argentino até o dia 15 de julho, quando vence sua multa rescisória no valor de 111 milhões de euros (aproximadamente R$ 618 milhões). 

Fechar