As opções de Valverde para escalar Coutinho no Barcelona

Comentários()
Equipe catalão voltará a ter um trio de ataque muito poderoso com Messi, Suárez e o brasileiro

Com a confirmação mais cara da história do Barcelona confirmada, a preocupação agora passa a ser do técnico Ernesto Valverde de encontrar a melhor formação para incorporar Philippe Coutinho ao time titular.

Com a lesão de Dembélé, no início da temporada, o comandante encontrou a solução para a equipe atuando na maioria das vezes com quatro meio-campistas e Messi e Suárez mais avançados na frente. Agora, com o brasileiro, o conjunto catalão volta a ter um dos trios de ataque mais poderosos do mundo.

Valverde tem agora duas possibilidades com a chegada de Coutinho. Entre as opções, está descartada a linha com quatro homens no meio-campo como fez, por exemplo, no el Clásico do dia 23 de dezembro de 2017, no Santiago Bernabéu, quando atuou com a Iniesta, Rakitic, Busquets e Paulinho. Com Coutinho, não há dúvida que o MSC estará em campo. A opção mais razoável é a seguinte: 

Barcelona

Neste caso, provavelmente quem mais sofra é Ousmane Dembélé, que chegou há seis meses com o status de contratação mais cara da história, mas conseguiu mostrar o seu valor por conta de uma lesão que o afastou dos gramados por um longo período. Com a chegada de Coutinho, deverá perder ainda mais espaço. Mas e se Valverde decidir arriscar mais? Se colocar todos eles em campo?

Neste caso, quem sobraria seria Iniesta e talvez Rakitic, com a ideia de controlar o meio-campo com Busquets e Paulinho para liberar a linha de quatro à frente. Neste caso, seria um Barça bastante ofensivo.

Barcelona

Source Format

Próximo artigo:
Juventus 3x0 Chievo: CR7 perde pênalti, mas Velha Senhora segue imbatível na Itália
Próximo artigo:
Hazard não descarta ida para o Real Madrid no futuro: "Me agradaria, por que não?"
Próximo artigo:
Semifinais da Copa São Paulo 2019: quando é, quais são os times e todas as informações
Próximo artigo:
Barcelona confirma chegada de Kevin-Prince Boateng
Próximo artigo:
Man United: Mata diz que time quer "ainda mais" após vitórias em sequência
Fechar