A Lei do Ex no Brasileirão 2022: os gols e maiores vítimas

Luciano, Palmeiras x São Paulo, Copa do Brasil, 14072022Rubens Chiri/São Paulo FC

Se você acompanha futebol com regularidade, com certeza já sentiu aquele frio na barriga quando viu um antigo jogador de sua equipe enfrentando o seu time de coração. O atleta pode ou não ser um craque, mas fica no ar sempre a expectativa de que ele faça um gol contra o antigo clube.

Acontece tantas vezes, na realidade, que este tipo de acontecimento ganhou até nome: é a Lei do Ex, tratada quase como se fosse uma ciência exata. E apesar de não ser nem ciência, nem uma certeza, é bom respeitar a sua incidência.

Pensando nisso, nós da GOAL listamos abaixo todas as vezes que a Lei do Ex deu as caras neste Brasileirão 2022. Qual o clube que mais sofreu com ex-jogadores e qual atleta mais balançou as redes de sua antiga equipe nesta edição da Série A? Confira abaixo!

Jogadores que fizeram valer a Lei do Ex no Brasileirão 2022

JOGADOR

CLUBE ATUAL

GOL SOBRE EX-CLUBE

Luciano

São Paulo

3 (dois sobre o Atético-GO e um sobre o Fluminense)

Pedro Raul

Goiás

2 (ambos sobre o Botafogo)

Fábio Santos

Corinthians

2 (ambos sobre o Atlético-MG)

Kevin

Avaí

1 (vs. Botafogo)

Uendel

Cuiabá

1 (vs. Corinthians)

Samuel Xavier

Fluminense

1 (vs.Fluminense)

Jadson

América-MG

1 (vs. Athletico-PR)

Valdívia

Cuiabá

1 (vs. Internacional)

Élvis

Goiás

1 (vs. Atlético-GO)

Alef Manga

Coritiba

1 (vs. Goiás)

Iago Maidana

América-MG

1 (vs. Atlético-MG)

Corinthians

1 (vs. Internacional)

Alê

América-MG

1 (vs. Cuiabá)

Léo Gamalho

Coritiba

1 (vs. Goiás)

Felipe Azevedo

América-MG

1 (vs. Juventude)

Dudu

Palmeiras

1 (vs. Coritiba)

Jorginho

Ceará

1 (vs. Atlético-GO)

Manoel

Fluminense

1 (vs. Corinthians)

Gabigol

Flamengo

1 (vs. Santos)

Habraão

Fortaleza

1 (vs. Coritiba)

Patrick

São Paulo

1 (vs. Goiás)

Vitor Bueno

Athletico-PR

1 (vs. São Paulo)

PH Ganso

Fluminense

1 (vs. Santos)

*Atualizado às 22h09 de 08 de agosto de 2022

Clubes que mais sofreram com a Lei do Ex no Brasileirão 2022

  • Fábio Santos, Corinthians x Goiás, Brasileirão, 19062022Getty Images

    Atlético-MG: 4 gols sofridos

    Na quinta rodada, o Atlético-MG viu Iago Maidana (ex-jogador do Galo entre 2018 e 2020) marcar o primeiro gol do América Mineiro na vitória por 2 a 1 do Coelho.

    Dentro do Maracanã, em duelo pela décima rodada, Samuel Xavier fez um dos gols do Fluminense contra o Galo. O lateral teve rápida passagem pelo Atlético em 2008.

    Mais tarde, contra o Corinthians, no fechamento do primeiro turno, o lateral Fábio Santos, que atuou no Galo entre 2016 e 2020, empatou o duelo no Mineirão com um gol de cabeça e, em seguida, converteu um pênalti, virando o placar.

  • Pedro Raul Botafogo Goiás Brasileirão 06 06 2022 Reprodução/Pedro Raul

    Botafogo: 3 gols sofridos

    O Glorioso sofreu dois gols anotados por Pedro Raúl, que defendeu as cores alvinegras em 2020, em derrota por 2 a 1 dentro de casa sofrida para o Goiás pela décima rodada.

    Já na 11ª rodada, o Botafogo viu outro membro do time de 2020 balançar suas redes. Atualmente no Avaí, Kevin fez o gol dos catarinenses na vitória por 1 a 0 dentro do Nilton Santos.

  • Luciano comemora, Palmeiras x São Paulo, Brasileirão, 17112021Rubens Chiri/São Paulo/Divulgação

    Atlético-GO: 3 gols sofridos

    Élvis, hoje no Goiás, vestiu a camisa do Atlético-GO em 2011 e estufou as redes do Dragão no clássico vencido pelos esmeraldinos na quinta rodada.

    Mais tarde, na 15ª rodada, foi a vez de Luciano. O atacante do São Paulo marcou duas vezes sobre o time onde foi revelado e atuou profissionalmente no clube em 2012.

  • Léo Gamalho Coritiba Goiás Brasileirão 2022Felipe Dalke/Coritiba

    Goiás: 3 gols sofridos

    Neste Brasileirão, o Esmeraldino viu, até aqui, três ex-jogadores balançarem suas redes: Alef Manga e Léo Gamalho, ambos atualmente no Coritiba, além de Patrick, do São Paulo.

  • Gabigol Flamengo Cuiabá Brasileirão 15 06 2022Marcelo Cortes / Flamengo

    Santos: 2 gols sofridos

    A primeira lei do ex contra o Peixe veio na 15ª rodada, quando Gabigol marcou o segundo gol da vitória do Flamengo na Vila Belmiro. O atacante foi revelado pela base do Santos, tendo atuado profissionalmente no clube entre 2013 e 2016, e depois em 2018, quando foi emprestado pela Inter de Milão.

    Já a segunda vez aconteceu na 20ª rodada, com Paulo Henrique Ganso convertendo pênalti de Cavadinha. O meia fez, ao lado de Neymar, história na equipe do Peixe que conquistou títulos como Libertadores e Copa do Brasil entre 2008 e 2012.

  • Jô Corinthians Internacional Brasileirão 2022Getty Images

    Internacional: 2 gols sofridos

    O Inter viu dois ex-jogadores balançarem suas redes neste Brasileirão.

    Valdívia, que foi revelado na base colorada e disputou mais de 100 jogos pelo Internacional entre 2013 e 2017, fez o gol do Cuiabá, sua atual equipe, no empate por 1 a 1 pela sétima rodada.

    Jogador do Inter entre 2011 e 2012, fez valer a Lei do Ex contra os gaúgos no empate por 2 a 2 contra o Corinthians, na sexta rodada.

  • Uendel Cuiabá Corinthians Brasileirão 07 06 2022AssCom/Dourado

    Corinthians: 2 gols sofridos

    Em duelo que abriu a décima rodada do Brasileirão, o Corinthians sofreu, contra o Cuiabá, um gol de Uendel. O lateral-esquerdo vestiu a camisa do Timão entre 2014 e 2016.

    Mais tarde, na abertura da 15ª rodada, foi a vez de Manoel marcar contra o Timão para tirar o marcador do zero. O zagueiro defendeu o Corinthians em 2019, quando foi emprestado pelo Cruzeiro.

  • Dudu em Fluminense x PalmeirasGetty Images

    Coritiba: 2 gols sofridos

    Na 11ª rodada, o Coritiba recebeu o Palmeiras no Couto Pereira, e o responsável por abrir o placar, a favor do Verdão, foi Dudu, que defendeu as cores do Coxa em 2010, durante um empréstimo feito pelo Cruzeiro, time que tinha seus direito à época.

    Mais tarde, na 15ª rodada, uma cria da base do Coxa deixou sua lembrança. O zagueiro Habraão foi para o Fortaleza em 2021, ainda na categoria sub-20, depois de uma temporada defendendo a categoria no Coritiba. Agora, no profissional, marcou seu primeiro gol pelo Tricolor justamente contra o ex-time.

  • Cuiabá: 1 gol sofrido

    O meia Alê vestiu a camisa do Cuiabá entre 2018 e 2019 antes de, pela nona rodada deste Brasileirão, ter estufado as redes de sua ex-equipe pelo América Mineiro.

  • Juventude: 1 gol sofrido

    Felipe Azevedo teve rápida passagem pelo Juventude em 2008, mas foi o suficiente para o incluir na Lei do Ex. O hoje jogador do América-MG estufou as redes de sua antiga equipe na segunda rodada do Brasileirão.

  • Luciano, Palmeiras x São Paulo, Copa do Brasil, 14072022Rubens Chiri/São Paulo FC

    Fluminense: 1 gol sofrido

    A primeira vez que o Fluminense viu um ex-jogador de seu time balançar as redes contra si foi na 17ª rodada, quando Luciano, que passou um período emprestado nas Laranjeiras, empatou o jogo contra o São Paulo, no Morumbi. O atacante tinha vestido a camisa do Tricolor carioca por um ano entre 2018 e 2019.

  • Vitor Bueno Athletico-PR São Paulo 31 07 2022Divulgação/Athletico-PR

    São Paulo: 1 gol sofrido

    Em duelo válido pela 20ª rodada, Vitor Bueno converteu pênalti contra o São Paulo, sua ex-equipe, para dar a vitória ao Athletico-PR.