Há 16 anos, a Seleção Brasileira conquistava o pentacampeonato mundial

CompartilharFechar Comentários
Comandados por Ronaldo e Rivaldo, equipe brasileira teve campanha impecável

banner Copa 2018

Há 16 anos a Seleção Brasileira liderada por Ronaldo e Rivaldo derrotava a Alemanha por 2 a 0 e faturava o tão sonhado pentacampeonato mundial de futebol. A campanha foi impecável, com sete vitórias em sete jogos e 18 gols marcados, o Brasil faturou a taça com a melhor campanha da história das copas. 

Agora, o Brasil de Tite e companhia vai em busca do hexa, mas olhamos para trás para relembrar essa conquista histórica e tentar inspirar a Seleção, que encara o México nesta segunda-feira(02), pelas oitavas de final da Copa do Mundo da Rússia. 

A Canarinho, comandada por Luis Felipe Scolari, chegou no torneio desacreditada depois de uma fraca campanha nas Eliminatórias, derrotas inesperadas e trocas de comandante. 

O corte de Romário, um dos maiores atacantes do futebol brasileiro, foi também um momento conturbado a ser administrado por Scolari. Grande parte da imprensa e praticamente todos os torcedores não concordavam com a escolha do treinador. 

Brasil penta 2002
(Foto: Getty Images)

BRASIL: A CAMPANHA NA COPA DE 2002


Apesar disso, no Mundial, a Seleção Brasileira foi crescendo e voltando a assustar os adversários. Na primeira fase derrotou a Turquia, a China e a Costa Rica.

Mais artigos abaixo

Nas oitavas, encarou a Bélgica e emplacou 2 a 0, em seguida, um dos jogos mais complicados do torneio, a Seleção enfrentou a Inglaterra de David Beckham e começou perdendo, mas no talento de Ronaldinho Gaúcho virou a partida e além de carimbar a vaga nas semifinais conquistou de vez a confiança da torcida brasileira.

Ronaldinho Gaúcho - Brasil x England 2002, World Cup
(Foto: Getty Images)

Na semi, um reencontro com a Turquia em mais um jogo emocionante, numa partida cheia de boas oportunidades, o talento de Ronaldo Fenômeno, o grande nome daquela Copa, decidiu colocando o Brasil na grande decisão contra a Alemanha.

No grande dia, o Brasil foi impecável, com show do Fenômeno que destroçou Oliver Kahn, considerado o melhor goleiro da Copa do Brasil, a Seleção derrotou o adversário por 2 a 0 e levantou o troféu mais cobiçado do mundo. 

Próximo artigo:
Campeonato Brasileiro 2018: tabela completa e classificação por rodada
Próximo artigo:
Apesar de bom trabalho na Rússia, Osorio deve deixar a seleção mexicana
Próximo artigo:
Diego Godín espera oferta por renovação de contrato no Atlético de Madrid
Próximo artigo:
A geração de ouro: jogadores nascidos no ano 2000 geram muita expectativa no futebol brasileiro
Próximo artigo:
Benjamin Pavard pode estar a caminho do Bayern de Munique
Fechar

Utilizamos cookies para proporcionar-lhe uma melhor experiência online. Se continuar navegando em nosso site, consideramos que está de acordo com a nossa política de privacidade.

Exibir mais Aceitar