Vice do Cruzeiro critica valores pagos pelo Fla por Arrascaeta: "eu não pagaria tudo isso"

Comentários()
Marcelo Cortes/CR Flamengo
Itair caracterizou ida de Arrascaeta para o Flamengo como "afronta" ao futebol brasileiro

Vice-presidente do Cruzeiro, Itair Machado criticou o alto valor pago pelo Flamengo para contratar Arrascaeta. Em entrevista à ESPN, o dirigente comentou que o valor não bate com o futebol brasileiro e sugeriu que o clube carioca deveria ter ido atrás de Dudu, que segundo ele “é muito mais jogador” que o uruguaio.

"Isso (quantia paga) afrontou o futebol brasileiro. Eu pagaria a multa do Dudu, que é R$60 milhões. Eu, dirigente, com esse dinheiro, não gastaria (no Arrascaeta). O Flamengo pagou 13 milhões de euros (R$59,8 milhões) ao Cruzeiro, 5 milhões de euros (R$23 milhões) ao Defensor”.

“O Arrascaeta vai jogar uns quatro mil minutos neste ano, que são mais ou menos 42 jogos. Só aí (a quantia) já pula para 19 milhões de euros (R$87,4 milhões). Mais um milhão e pouco de euros para procurador, já dá 20 milhões de euros (R$92 milhões). A maioria desse euro foi fechada a 4,62 reais (cotação no dia da negociação). Isso dá mais de R$90 milhões. Eu pagaria R$60 milhões no Dudu, que é muito mais jogador”, disse.

Mais artigos abaixo
Arrascaeta Everton Ribeiro Flamengo Cruzeiro Copa Libertadores 08082018
(Foto: Buda Mendes/Getty)

O dirigente aproveitou para comentar sobre o desentendimento com o empresário do jogador, Daniel Fonseca durante a negociação. Na ocasião, Fonseca acabou discutindo com Itair em uma reunião entre ambas as partes, feito que teria influenciado Arrascaeta faltar em todos treinos após episódio.

“Pedi para chamar o Arrascaeta e falei com ele: 'Arrascaeta, não é certo, mas o Cruzeiro te dá um aumento para você ficar, mas nesses valores não tem como te vender.' Então o procurador pegou o Arrascaeta, levou embora e falou que não voltaria mais”, relembra.

Por fim, Itair ressaltou que não queria ter vendido jogador: “Para falar a verdade, eu não queria ter feito a venda, mas não é só eu quem decide. Tem a presidência, a nossa equipe, e todo mundo entendeu que não teria clima“.

Fechar