Soteldo pede salário alto, ganha tempo e ida para o Al Hilal ainda é incerta

Comentários()
Jogador do Santos teme ser "esquecido" no mundo árabe e prefere seguir no Santos; empresário vem ao Brasil definir situação

Depois do técnico Cuca garantir que o confronto contra o Coritiba, no último sábado (17), era a despedida de Soteldo com a camisa do Santos, a ida do jogador para o Al Hilal, da Arábia Saudita pode "melar".

O Peixe aceitou a proposta de 7 milhões de doláres pelo meia, mas faltava ainda um acerto do venezuelano com a equipe saudita. Soteldo recusou o salário oferecido e fez uma contraproposta bem alta, já com o intuito de ganhar tempo, uma vez que a transferência para o mundo árabe neste momento não é vista com bons olhos pelo jogador.

Nesta terça-feira (20), inclusive, a empresa que gerenia a carreira do jogador fez um post em sua rede social dizendo que o duelo contra o Coritiba não havia sido o último do venezeualno: "Nos quedamos" (em tradução: Nós ficamos).

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

¡HOY NO SERÁ TU ÚLTIMO DÍA! WE STAY - NOS QUEDAMOS ❤️ RESPECT ✊🏼🌟🔟⚽️🔥🤝🇻🇪

Uma publicação compartilhada por Secasports ⚽ Cuenta Oficial (@secasports) em

O grande sonho de Soteldo é jogar no futebol europeu e ele acredita ser possível, caso siga no Brasil defendendo as cores do Santos. Além disso, o atleta teme ficar esquecido na liga árabe e perder convocações para a seleção venezuelana. 

Mais artigos abaixo
Goal 50 Revelado: Os 50 Melhores Jogadores do Mundo

O pedido salarial de Soteldo não agradou a diretoria do Al Hilal, que no meio da negociação com o santista tentou contratar o brasileiro Bernard, do Everton. Enquanto isso, o agente do venezuelano é esperado em Santos nesta quarta-feira (21), para definir a situação. 

Soteldo treinou normalmente nos últimos dias e está à disposição do técnico Cuca para o duelo contra o Defensa y Justicia, nesta terça, na Vila Belmiro, pela Copa Libertadores da América. 

Fechar