São Paulo não acerta com Benedetto e desiste da contratação

Última atualização
Getty Images

O São Paulo saiu nesta sexta-feira da negociação para contratar Benedetto, do Olympique de Marseille. O clube havia feito um acordo com os franceses por empréstimo de um ano sem pagamento de compensação financeira, mas não chegou a um acerto com o atacante argentino e seus representantes. Por isso, a posição Tricolor neste momento é de desistir da transferência, por pregar respeito aos limites financeiros como em outras conversas (por exemplo com Deportivo Maldonado por Calleri).

Desde o início o São Paulo tratava a operação como complexa por uma série de fatores. A ideia era conseguir um empréstimo de um ano, sem custos, com opção de compra fixada, e também em uma composição salarial, por não ter condições de arcar com tudo integralmente.

Aprovado pelo técnico Hernán Crespo, Benedetto estava no radar do São Paulo há algum tempo e era o reforço buscado para ser o principal centroavante do elenco.

Futebol ao vivo ou quando quiser? Clique aqui e teste o DAZN grátis por um mês!

O foco era tê-lo à disposição para enfrentar o Palmeiras pelas quartas de finais da Copa Libertadores, nos dias 10 e 17 de agosto. O regulamento da competição permite três trocas na lista inicial de 50 jogadores para essa fase, até 72 horas antes do primeiro jogo. Ou seja, o prazo termina num sábado (dia 7). Mas o desejo era conseguir definir o acordo rapidamente para que houvesse tempo de adaptação nos treinamentos antes da Libertadores.

Além de Benedetto, o São Paulo tentou negociar a contratação de Calleri, mas não teve sucesso nas conversas com o Deportivo Maldonado, clube uruguaio gerido por empresários.