São Paulo acerta com Olympique de Marselha, mas vê agente de Benedetto travar negócio

Última atualização
Getty

O São Paulo tem um acordo verbal com o Olympique de Marselha, da França, pelo empréstimo de Darío Benedetto, centroavante de 31 anos, até julho de 2022. O grande entrave na negociação é o estafe do jogador, que atrapalha o desfecho das tratativas no mercado da bola.

Futebol ao vivo ou quando quiser? Clique aqui e teste o DAZN grátis por um mês!

A Goal apurou que há pendências financeiras entre os empresários e o próprio atleta que dificultam um final feliz na chegada do centroavante ao Morumbi. O Tricolor Paulista aguarda uma posição dos agentes e do centroavante para finalizar a negociação, seja com uma resposta positiva ou negativa.

Os moldes do acordo por Benedetto estão definidos entre diretorias de forma verbal — ainda não houve assinatura de documentos. O atleta chegaria ao Brasil com parte dos salários paga pelo São Paulo e em um empréstimo sem custos. Os paulistas ainda teriam a alternativa de adquiri-lo ao fim do contrato de cessão, previsto para julho de 2022. O valor seria fixado no compromisso. A situação é semelhante à de Martín Benítez, que tem compra determinada em US$ 3 milhões (R$ 15,5 milhões na cotação atual).

Mesmo que haja acordo verbal entre os dois clubes, há ainda o temor de que a situação envolvendo o estafe de Benedetto faça a negociação melar. O São Paulo é cauteloso ao discutir a situação e evita manifestações públicas em meio às tratativas para a contratação do atacante.

O São Paulo vê Benedetto como a solução para o problema ofensivo. Hoje, o elenco comandado por Hernán Crespo conta apenas com Pablo para a função. O atacante, contudo, divide opiniões no CT da Barra Funda. Vitor Bueno foi improvisado no setor em algumas oportunidades, mas não agradou. Opções como Eder e Luciano sofrem com questões físicas.

Fora dos planos de Jorge Sampaoli no Olympique de Marselha, o argentino de 31 anos foi autorizado a negociar com o clube brasileiro a sua transferência de volta para a América do Sul. Na última temporada, ele disputou 41 partidas, sendo 23 como titular, fez seis gols e deu três assistências.