São Paulo: Mancini refuta Jean: "Ele entendeu errado"

Vagner Mancini, técnico interino do São Paulo, falou sobre a polêmica envolvendo o goleiro Jean. O treinador comentou o assunto na noite desta quarta-feira (20), logo após o empate com o São Caetano, pela 12ª rodada do Campeonato Paulista.

Em sua entrevista coletiva, o comandante disse que a publicação feita pelo jogador sobre a reunião do elenco na última segunda-feira não é verdadeira.

"Eu gostaria de falar que o que eu li na nota que o Jean soltou não é verdade. Em determinado momento, lá atrás, quando o Jean não quis ir ao jogo contra o Red Bull, sentei com ele por quase meia hora e bati um papo com o atleta", comentou.

"Eu conheço ele desde que ele tinha 14 anos, através de uma pelada lá em Salvador. Sou amigo do pai dele, jamais agiria de uma forma que não seria mostrar o caminho certo. Naquele momento não era a atitude correta dele, ele estava reivindicando uma titularidade, e eu expliquei isso para ele. Teve uma cobrança em cima do grupo, e somente ele se rebelou. Eu disse para ele que ele estava fazendo a coisa errada. Ali não estava o técnico Vagner Mancini, estava o pai Vagner Mancini. Aqui estou dando a minha versão do que aconteceu. O que eu li na nota não é a realidade dos fatos", acrescentou.

Vagner Mancini Sao Paulo 15022019
(Foto: Érico Leonan/São Paulo FC)

Jean disse, por meio de nota oficial em seu perfil no Instagram, que Vagner Mancini não o trata "da mesma forma que todo o restante do grupo de atletas". O goleiro conta que perdeu a paciência com o técnico do time do Morumbi.

"Não foi o técnico Vagner Mancini que botou o Jean no banco. Desde que ele chegou ao São Paulo já passou por alguns técnicos, passando entre titularidade e reserva. Só para deixar tudo claro, não tenho nada contra o atleta, muito pelo contrário, já falei sobre minha amizade com o pai. Ele interpretou tudo errado. Se acontecesse amanhã, faria da mesma forma. Quem veste a camisa do São Paulo precisa ter respeito por aquilo que acontece dentro de campo", comentou.

Mais artigos abaixo

Vagner Mancini aguarda um pedido de desculpas de Jean, o que ainda não aconteceu, e não descarta utilizá-lo novamente no plantel.

Jean São Paulo Grêmio Brasileirão Série A 15112018
(Foto: Rubens Chiri/São Paulo)

"Tenho filhos da idade do Jean. A partir do momento que ele entender que a desculpa é necessária... Claro que ninguém está aqui para punir ninguém. Somos uma equipe de futebol. Todos erramos e acertamos ao longo do tempo", disse.

"Ele é um atleta do São Paulo. Está afastado porque foi uma decisão dele, ele pediu para ficar separado do grupo. A partir do momento em que o atleta voltar para nós e dizer que quer jogar, vamos sentar e analisar", concluiu.