Santos corre para comprar Bruno Marques, que tem só mais 31 dias de contrato

Comentários()
Centroavante marcou gol na vitória sobre o Sport e tem apenas mais 31 dias de vínculo com o clube

O Santos viu nascer no sábado um tipo de jogador que fez sucesso em toda a trajetória de Cuca como treinador, justamente no momento em que a temporada vai se decidindo. Bruno Marques, 1.94m, porém, pode ser santista apenas até o fim deste mês de dezembro.

Futebol ao vivo ou quando quiser? Clique aqui e teste o DAZN grátis por um mês!

Emprestado pelo Lagarto para a equipe sub-23 do Peixe, o centroavante está cedido apenas até 31 de dezembro para a equipe santista. Há negociação e preferência do Santos, mas os impeditivos são bastante consideráveis para o clube da Vila Belmiro.

Para adquirir 70% dos direitos econômicos do jogador, o Peixe precisaria desembolsar R$ 600 mil e arrumar uma maneira de manter o registro do atleta como emprestado, já que ainda não pode inscrever novos jogadores. Caso o contrato fosse trocado de empréstimo para definitivo, isso contaria como registro novo.

Essa parte, porém, é vista como contornável. O Santos faria um contrato de extensão do empréstimo pelo montante, com obrigação de compra ao fim do período pré-estabelecido. A parte do dinheiro, nem tanto.

Em meio ao processo eleitoral e ao recente impeachment de José Carlos Peres, o Santos tem apostado na contenção de gastos e precisaria que o investimento fosse aprovado em reunião pelos Conselhos Deliberativo e Fiscal.

Mais artigos abaixo
Bruno Marques Santos Sport Brasileirão 30 11 2020 (Foto: Pedro Ernesto Guerra Azevedo/Santos FC)

Enquanto define sua ação, o Peixe tenta ao menos prorrogar o empréstimo até o fim de fevereiro, quando termina a atual temporada, assegurando a Cuca uma opção válida que ele não tinha no elenco: o centroavante, alto, bom para a "casquinha" e o jogo aéreo.

O treinador é notoriamente fã desse estilo de atleta e atingiu o ápice neste quesito no Atlético-MG campeão da Copa Libertadores de 2013, com Jô no comando do ataque. No próprio Peixe, há dois anos, recomendou a contratação de Felippe Cardoso, centroavante do mesmo estilo.

Fechar