Notícias Jogos
Brasil

Richarlison larga na frente dos concorrentes para ser o 9 do Brasil na Copa do Mundo

14:00 BRT 26/09/2022
Richarlison, Brazil v Ghana, Friendly, 23092022
Atacante tem o melhor aproveitamento entre os demais atacantes da seleção brasileira

Autor de dois gols diante de Gana e titular nesta terça-feira (27), contra a Tunísia, no último amistoso antes da convocação final para a Copa do Mundo do Qatar, Richarlison larga na frente dos concorrentes na briga pela camisa 9 da seleção brasileira no Mundial.

Aos 25 anos, Richarlison soma 37 jogos com a camisa da seleção principal. Ao todo, o atacante anotou 16 gols e deu três assistências. Ele tem a melhor média de gol por minuto em relação aos seus principais concorrentes.

A primeira convocação de Richarlison veio em 2018, curiosamente após corte de Pedro, que havia se lesionado. Desde então, ele passou a ser peça importante no ciclo da Copa do Mundo, marcando até gol na final da Copa América de 2019, diante do Peru, no Maracanã.

Em 2021, ele foi campeão olímpico com a seleção brasileira nos Jogos de Tóquio 2020. O atacante, que na época defendia as cores do Everton, se esforçou nos bastidores para conseguir a liberação e encaro uma grande maratona para estar no elenco que faturou a segunda medalha dourada da história do futebol brasileiro.

Richarlison foi o artilheiro dos Jogos Olímpicos e o protagonista do Brasil dentro e fora de campo. O atacante tratou de passar experiência e assumiu a responsabilidade como líder do jovem grupo brasileiro.

Nesta segunda-feira (26), o jornal AS, da Espanha, rasgou elogios ao brasileiro e o chamou de herdeiro de Ronaldo Fenômeno.

"Depois de pouco mais de uma década, parece que o Brasil finalmente encontrou o herdeiro de Ronaldo na ponta de lança (centroavante). A explosão de Richarlison no sistema Tite já é uma realidade, mesmo em uma posição em que um nome atrás do outro foi tentado por algum tempo sem se destacar. Neste momento, Richarlison se posicionou como aquela peça que faltava no ataque 'canarinha', um verdadeiro 'matador' que saberá aproveitar qualquer oportunidade criada por Vinicius e Neymar", disse um artigo do jornal.

Nos últimos cinco jogos com a camisa da seleção brasileira, Richarlison anotou seis gols. Depois da partida contra Gana, onde fez dois, o atacante pediu mais crédito aos torcedores brasileiros.

"Venho aqui, faço meu trabalho, calado e aproveito cada oportunidade que o professor tem me dado. É continuar. Espero que o povo brasileiro acredite mais em mim também porque sou um cara que quando chego aqui na seleção, faço bastante gol. Estou vestindo a camisa 9 hoje e toda vez que visto ela, estou metendo gol. E espero continuar assim", disse Richarlison que também recebeu muitos elogios de Tite.

"O Richarlison cheira a gol. Ele não quer saber, ele quer finalizar. Ele quer ir para o gol", disse Tite.

Não só o momento do atacante, mas como todo o ciclo de Copa do Mundo o deixa com muito crédito com a comissão técnica. Segunda sabe a GOAL, o trabalho de Richarlison é muito valorizado internamente, além da alegria que ele demonstra ao vestir a camisa amarelinha e a forma como se coloca sempre à disposição para exercer qualquer função dentro da equipe.

No grupo G da Copa do Mundo, o Brasil estreia na competição no dia 24 de novembro, diante da Sérvia. A equipe de Tite ainda enfrentará Suíça e Camarões na fase de grupos da competição.