Enquanto Mourinho e Lopetegui disputam o título de maior decepção do ano, Modric acaba reinado de Messi e CR7. Confira os altos e baixos de 2018

Comentários()
Getty
Além de comemoração e paixão, o futebol também nos reserva grandes surpresas e decepções. Confira quais foram as maiores de 2018:

O ano de 2018 está chegando ao fim e junto a ele, diversas surpresas e decepções agitaram os gramados de futebol. Copa do Mundo, Libertadores, Campeonato Brasileiro, transferências e polêmicas fora e dentro de campo. Desta forma, a Goal montou uma retrospectiva para você, torcedor relembrar quais foram as maiores surpresas e decepções desta agitada temporada. Confira:


DECEPÇÕES


O Real Madrid de Lopetegui

Lopetegui Real Madrid

Julen Lopetegui chegou ao comando dos merengues para substituir o, até então, tricampeão da Champions League com o clube, Zinédine Zidane. Com a responsabilidade de repetir o feito do antecessor e manter o alto nível de desempenho em campo, Lopetegui não correspondeu às expectativas geradas por parte da diretoria e torcedores do Real. Com o treinador, os blancos amargaram a maior seca do time em toda sua história: foram 481 minutos sem balançar as redes. Durante esse tempo, o clube espanhol perdeu para o CSKA, por 1 a 0, em partida válida pela fase de grupos da Champions League 2018-19 e ainda sofreu a goleada histórica, por 5 a 1, para o Barcelona.

O conturbado comando de Mourinho no United

A derrota no clássico para o Liverpool, por 3 a 1, no último domingo (17), marcou o fim do conturbado e questionado comando de José Mourinho no Manchester United. As duas temporadas e meias do português no banco dos Reds Devils rendeu polêmica dentro e fora de campo para técnico. As atuações abaixo do esperado, a falta de títulos e as derrotas em jogos considerados “fáceis”, de certa forma, abalaram a imagem do treinador do vestiário da equipe. Mas o embate entre José Mourinho e Paul Pogba marcou a passagem do treinador no United, de forma negativa.

Monaco à beira do rebaixamento na Ligue 1

Tradicional equipe francesa, o Monaco vive um dos piores momentos da história do clube. Em 19º lugar na tabela da Ligue 2018-19, a equipe luta para se manter na elite do futebol francês. Dos 17 jogos disputados, até o momento, no campeonato, o time comandado pelo ex-campeão do mundo, com a França, Thierry Henry soma apenas 13 pontos conquistados dos 51 disputados. O aproveitamento de 25,5% na Ligue 1, é superior apenas ao do último colocado, o Guingamp, de 15,7%.

O fiasco da “maior final de todos os tempos”

River Boca Copa Libertadores 241118
(Foto: Getty Images)

River Plate x Boca Juniors chegaram a final da Copa Libertadores 2018 como os responsáveis por protagonizarem o maior jogo de todos os tempos da América do Sul, porém, o cenário mudou para o pior fiasco do continente no futebol. Em campo, o River Plate conquistou o título após empatar, em 2 a 2, no duelo de ida em La Bombonera e vencer o jogo de volta, por 3 a 1, em Madrid. Mas fora das quatro linhas, o ataque ao ônibus do Boca por parte dos torcedores millonarios antes do duelo de volta, o adiamento da partida e a decisão de jogar o principal jogo da América do Sul na Espanha, trouxe átona a falta de credibilidade e respeito da Conmebol junto à Fifa. Com isso, o Campeão da América foi decido na Europa.

Sonho do Hexa adiado

O Brasil chegou na Copa do Mundo 2018 como uma das seleções favoritas a levantar a taça do Mundial. Mas, desde o início, as atuações não passaram confiança ao torcedor que questionou algumas mudanças feitas pelo técnico Tite. A seleção chegou a permanecer em segundo lugar no Grupo E, mas ao final das três rodadas garantiu a liderança e vaga para a fase eliminatória. Na sequência, venceu o México, nas oitavas de final, mas não conseguiu superar o jovem elenco da Bélgica, nas quartas de final. A derrota por 2 a 1, adiou o tão sonhado hexacampeonato.

Neymar virou piada

As atuações de Neymar no Mundial da Rússia rendeu o que falar, especialmente, devido as possíveis simulações de falta do camisa 10 da Seleção. Neymar virou Meme e ganhou apelido de “cai, cai”. Criticado pela própria torcida e imprensa, o atacante não convenceu e, muito menos, encantou na última Copa do Mundo.

Alemanha e Argentina deram adeus ao Mundial

Protagonistas da final da Copa do Mundo 2014, no Brasil, Alemanha e Argentina protagonizaram dois dos maiores fiascos da edição 2018 do Mundial. Eliminada na primeira fase, a Alemanha amargou a lanterna do grupo F, atrás de Suécia, México e Coréia do Sul. Além de perder para os asiáticos, por 2 a 0, na última rodada do Grupo.

Germany Korea World Cup 2018
(Foto: Getty Images)

Já a Argentina de Lionel Messi, preocupou os Hermanos logo no começo da competição. Com a possibilidade de eliminação na fase de grupos, os argentinos conseguiram avançar às oitavas de final, mas ao enfrentar a França, Messi e companhia assistiram ao show de Kylian Mbappé e deram adeus à Rússia.

“Segue o líder!”

Os torcedores são-paulinos repetiram a tão conhecida frase ao longo do Campeonato Brasileiro 2018. A equipe do Morumbi garantiu o título simbólico do 1º turno, mas não conseguiu se manter na ponta da tabela e perdeu a liderança para o rival, o Palmeiras. Com a queda expressiva de rendimento na segunda etapa do Brasileirão, o São Paulo terminou a edição apenas na quinta posição e com vaga para a Pré-libertadores.

Corinthians assombrado pelo fantasma da Série B

O Corinthians terminou o Brasileirão 2018 em 13º lugar com 44 pontos ganhos, dois a mais do que o primeiro colocado na zona de rebaixamento, o Sport. Nas 38 rodadas disputadas, o Alvinegro ganhou 11, empatou 11 e perdeu 16 duelos, aproveitamento igual ao da Chapecoense e Ceará, de 38,6%.

Vasco de passagem na Libertadores

O Vasco caiu na Libertadores 2018 com uma rodada antes do término da fase de grupos. A derrota para o Cruzeiro, por 4 a 0, em São Januário, marcou a campanha do time carioca como a terceira goleada sofrida pela equipe na competição. O Vasco também perdeu de 4 a 0 para o Jorge Wilstermann, na fase preliminar, e para o Racing.


SURPRESAS


As transferências de Buffon e Cristiano Ronaldo

Por 17 temporadas no gol da Juventus, Gianluigi Buffon deixou o time de Turim para se aventurar no Paris Saint Germain, ao lado de Neymar. O arqueiro de 40 anos “dispensou” a titularidade no time italiano para dividir o gol do PSG com Aréola. Buffon assinou contrato com a equipe parisiense por uma temporada.

Enquanto um dos maiores ídolos da Juve deixava Turim, os torcedores italianos comemoravam a chegada de Cristiano Ronaldo ao elenco. Eleito cinco vezes o melhor jogador do mundo, CR7 surpreendeu a todos ao se transferir do Real Madrid para a Juventus por 100 milhões de euros (cerca de R$ 450 milhões). O português assinou contrato até junho de 2022.

Modric e Salah desbancam CR7

Vencedor dos prêmios de Melhor jogador do Mundo da Fifa, Uefa e France Football, Luka Modric conseguiu o feito que poucos imaginavam: tirar o título de melhor atleta do mundo de Cristiano Ronaldo. O croata que conquistou a Champions League 2017-18 e ficou com o vice-campeonato da Copa do Mundo é um dos principais atletas do Real Madrid.

2018-12-08 Modric
(Foto: Getty Images)

Modric não foi o único a deixar CR7 “de lado”. Mohamed Salah desbancou o atacante português ao vencer o favorito gol de Ronaldo na premiação do Prêmio Puskas. Na ocasião, Cristiano marcou um tento de bicicleta contra a Juventus pelas quartas de final da Champions League 2017-18. Já Salah fez ótima jogada pela lateral do campo ao driblar dois adversários do Everton e acertar um chute no ângulo, sem qualquer chance ao goleiro.

Internacional convence no Brasileirão

Após voltar da Série B 2017, o Internacional começou a Série A 2018 com desconfiança por parte dos torcedores. Mas ao longo das rodadas, o Colorado chegou a assumir a liderança da competição nacional. Sem o título que ficou com o Palmeiras, o Inter garantiu vaga direta à Libertadores 2019.

A “redenção” de Felipão

Palmeiras campeão Brasileirão Série A 02122018
(Foto: NELSON ALMEIDA/AFP/Getty)

Luiz Felipe Scolari iniciou seu comando no Palmeiras como uma das grandes promessas da equipe para a sequência da temporada. E a posta do time Alviverde rendeu em campo. O treinador que ficou marcado pelo 7 a 1 contra a Alemanha, em 2014, se tornou um marco para a arrancada do Palmeiras rumo ao título do Campeonato Brasileiro 2018.

O vice da Croácia na Copa do Mundo

Pela primeira vez na história da Croácia o país disputou uma final de Copa do Mundo. Mas ao contrário do que muitos podem ter pensado, o vice-campeonato do país foi comemorado como um título. A seleção comandada por Luka Modric perdeu a final para a França, por 4 a 2, mas entrou para a história da nação croata.

Atuações de Mbappé na Copa

Kylian Mbappe, France, World Cup
(Foto: Getty Images)

Aos 19 anos, Kylian Mbappé surpreendeu o mundo do futebol com as atuações na Rússia 2018. O show em campo demonstrado pelo francês contribuiu diretamente no bicampeonato da França e rendeu elogios de um dos maiores atletas de todos os tempos, Pelé.

As atuações de Lucas Moura no Tottenham

Mais artigos abaixo

Lucas Moura chegou ao time inglês repleto de desconfiança. Vindo de poucas atuações no PSG e com o desempenho abaixo do esperado, o brasileiro se tornou peça fundamental no elenco comandado por Mauricio Pochettino, além de receber elogios do principal jogador do time, Harry Kane.

Mudança de forças na Bundesliga

Campeão da Bundesliga desde 2013, o Bayern de Munique vê sua supremacia no campeonato nacional ameaçada pelo rival, o Borussia Dortmund. Líder da competição com 39 pontos, o Dortmund segue com atuações consistentes rumo ao título. Por outro lado, o Bayern disputa o segundo lugar da tabela contra o Monchengladbach.

Fechar