Champions: Real Madrid completa mil dias consecutivos como campeão europeu

Comentários()
getty Images
O clube madridista foi o primeiro a vencer três campeonatos consecutivos. Um domínio que jamais foi visto por 40 anos

A derrota inesperada contra o Girona no último domingo em La Liga ainda está sendo digerida, no entanto, esta sexta-feira (22) foi um dia especial para o Real Madrid. O clube completa 1000 como o atual campeão europeu. Um aniversário simbólico, sem bolo ou velas para soprar, mas muito significativo. E isso não deixa de ser o reflexo perfeito daquilo que, no clube branco, eles gostam de chamar de dinastia autêntica na Europa. Desde 28 de maio de 2016 eles ganharam a Liga dos Campeões em Milão na final contra o Atlético, ninguém foi capaz de esmagar o gigante espanhol, que ganhou o campeonato em 2017 e 2018 também.

No total, são nada menos do que doze eliminações consecutivas resolvidas na mais importante competição de clubes: Roma, Wolfsburg, Manchester City e Atético na final de Milão de 2016; Napoli, Bayern, Atlético e Juventus na final de Cardiff de 2017; PSG, Juventus, Bayern de Munique e Liverpool na final de 2018 em Kiev O último clube que deixou o Real Madrid na vala era Juventus na semifinal de 2015, realizada em meados de maio, quase quatro anos atrás.

Mais artigos abaixo

É a circunstância que há um mesmo protagonista em todas estas três edições nas que o Real Madrid proclamou-se campeão da Europa de maneira consecutiva: Zinedine Zidane. O treinador francês chegou ao banco dos Blancos em janeiro de 2016 e deixou o clube no verão passado sem ter caído uma vez na Liga dos Campeões. Ele não terá cumprido plenamente os mil dias como campeão europeu, mas não há dúvida de que ele é um dos grandes arquitetos desse aniversário tão especial.

Ao lado de Zidane, há outros treze 'protagonistas' no clube. Os únicos treze jogadores que ainda estão na folha de pagamento e tenham cumprido todos e cada um dos mil dias como atual campeã: Keylor Navas, Sergio Ramos, Raphael Varane, Nacho Fernandez, Marcelo, Dani Carvajal, Casemiro, Luka Modric, Toni Kroos, Isco Alarcón, Gareth Bale, Lucas Vázquez e Karim Benzema. A espinha dorsal deste histórico Real Madrid. Além disso, existem outros como Kiko Casilla, Cristiano Ronaldo e Mateo Kovacic, sim, eles conquistaram os três 'orelhudas', mas deixaram o clube branco antes de atingir os mil dias.

O Real Madrid é o primeiro clube a vencer três títulos da Liga dos Campeões desde o novo formato. Antes, só Bayern (1973-1976), Ajax (1970-1973), e o próprio Real Madrid (1955-1960) tinham conseguido encadear tal marco com muitos (ou mais) títulos europeus consecutivos. Quarenta anos atrás, nenhum clube poderia se orgulhar de tal domínio no Velho Continente como agora este "lendário" Real Madrid.

Fechar