Qual era o salário de Cavani no PSG? Quando termina o seu contrato?

Comentários()
Uruguaio foi especulado no Brasil, como alvo de Grêmio e Atlético-MG, mas questão financeira travou os planos

O contrato de Edinson Cavani com o PSG já se encerrou, mas o uruguaio ainda não definiu qual - ou melhor onde - será o seu futuro. Durante a paralisação do futebol, em decorrência da pandemia de coronavírus Covid-19, a vinda do atacante ao Brasil chegou a ser especulada, com grandes times aparecendo como possíveis destinos. 

Quer ver jogos ao vivo ou quando quiser? Clique aqui e teste o DAZN com um mês grátis!

Palmeiras, Flamengo e São Paulo, além do Atlético-MG foram alguns dos clubes ligados ao atacante. Todos ficaram apenas com o primeiro contato, sendo travados pelas questões financeiras.

Mais recentemente, o Grêmio começou a demonstrar interesse ainda que mantenha os pés no chão. Quem subiu a aposta foi o Atlético-MG, que segundo o GE ofereceu salário de R$ 2,3 milhões mensais - o que faria do uruguaio o jogador mais caro do Galo em todos os tempos - por três anos de contrato. Entretanto, ainda de acordo com o GE, o jogador fez uma pedida bem maior: cerca de R$ 4,9 milhões por mês.

Tanto a vontade de seguir disputando uma Champions League, que ainda o aproxima ao Atlético de Madrid, quanto os valores praticamente fora da realidade do futebol brasileiro atual deixam o uruguaio mais longe do Brasil.

Mais artigos abaixo

CAVANI: QUAL ERA O SALÁRIO NO PSG?


cavani
Foto: Getty Images

A conta é simples, e no papel nenhum time brasileiro é capaz de arcar com salários da magnitude do que recebe o uruguaio.

No PSG, Cavani ganha algo em torno de 1,3 milhão de euros, o equivalente a R$ 8 milhões na cotação atual.


CAVANI: QUANDO TERMINOU O SEU CONTRATO?


​A "era" Edinson Cavani no Paris Saint-Germain, que começou em 2013, chegou ao fim antes mesmo do término da temporada 2019-20, uma vez que o uruguaio - ao contrário do que fez Thiago Silva - não quis assinar um prolongamento de seu vínculo em meio à pandemia do novo coronavírus.

O vínculo do jogador com o clube francês foi até 30 de junho de 2020. Ou seja: Cavani chegaria de graça em qualquer novo clube. A questão será convencer o uruguaio, através de salário e nível de competitividade.

Fechar