Os 10 momentos de Lionel Messi em 2018

Comentários()
Getty Images
Messi teve mais um grande e importante ano de sua carreira e aqui na Goal repassamos dez momentos marcantes do ano do argentino

O ano de Lionel Messi foi um grande momento de sua carreira. Manteve o alto nível de suas atuações, terminou como artilheiro de LaLiga, mas não conseguiu ajudar a Argentina na Copa do Mundo. 

A eliminação precoce no Mundial, somada a desclassificação inesperada na Champions League para a Roma, acabaram ofuscando um pouco os números e performances do camisa 10 do Barça.

Abaixo você relembra 10 momentos de 2018 para entender o período do craque argentino.


Nascimento de Ciro


Em 2018, Lionel Messi e Antonella Roccuzzo tiveram seu terceiro filho. Ciro nasceu no dia 10 de março e chegou para ser o novo herdeiro da família Messi.

Na época, Lionel tinha sido dispensado do jogo de LaLiga contra o Málaga por "motivos pessoais". Os rumores começaram a surgir de que o verdadeiro motivo da ausência do camisa 10 à partida teria sido o nascimento de Ciro. A notícia foi confirmada pelo próprio jogador em sua rede social.

Em 15 de outubro de 2017, Messi postou na internet falando que sua esposa estava grávida de seu terceiro filho. Em 6 de fevereiro, o atleta confirmou o nome do descendente.


Eliminação da Champions para a Roma


Exatamente um mês depois do feliz episódio do nascimento de Ciro, veio a dolorida derrota para a Roma e a consequente eliminação do Barcelona para os italianos, no Estádio Olímpico de Roma, pela Champions League.

O primeiro jogo do confronto pelas quartas de final da Champions tinha acabado 4 a 1 para o Barça, no Camp Nou. A partida deixou os catalães bastante confiantes para  o confronto de volta. Porém, a Roma fez um milagre e venceu o Barça por 3 a 0 ,jogando na Itália.

Os romanos foram eficientes no ataque e conseguiram neutralizar Messi com fortíssima marcação sobre o camisa 10. O time, que só precisava de um gol, não cooperou e nem mesmo Messi conseguiu salvar dessa que foi uma das grandes decepções da temporada.


Fundamental na conquista do doblete


A despeito da eliminação na Champions, o mês de abril foi importante para Messi e para o Barça.

No dia 21, o Barcelona bateu o Sevilla na final da Copa do Rei por 5 a 0, com grande atuação do argentino.

No dia 28, o clube garantia o título de LaLiga, com uma grande campanha e que teve Messi como artilheiro máximo da competição.


A queda na Copa do Mundo


Talvez a maior decepção do ano ficou por conta da Argentina e de Messi na Copa do Mundo. Eliminada pela campeã França, a seleção argentina foi um completo desastre na Rússia. 

Messi Mbappé Francia Argentina

O empate no primeiro jogo contra a estreante Islândia, com direito a pênalti perdido de Lionel Messi, foi um prenúncio de que o certame não seria bom para os 'Hermanos'.

A derrota para a vice campeã Croácia e os jogos subsequentes contra Nigéria e França mostraram que a equipe montada por Sampaoli não conseguiria render o esperado e nem construir um time ao redor do craque.


Jogador com mais títulos pelo Barcelona


Com a saída de Iniesta, Lionel Messi herdou a braçadeira de capitão e começou um novo ciclo no Barça.

No dia 12 de agosto, o argentino ergueu a taça da Supercopa da Espanha contra o Sevilla e se tornou o jogador com mais títulos jogando pelo Barcelona.

O argentino conquistou 33 troféus e deixou para trás exatamente o ex-companheiro, Andres Iniesta.


Estrangeiro com mais jogos em LaLiga


Messi se motivou a bater todos os recordes possíveis.

Diante do Girona, no dia 23 de setembro, Messi se tornou o jogador estrangeiro com maior número de jogos em LaLiga. Ele deixou para trás o ex-companheiro de clube Daniel Alves. Contra o Girona, Messi atingiu 423 jogos e passou os 422 de Dani.

A diferença é que Messi alcançou o número jogando somente pelo Barcelona, enquanto Alves atuou também pelo Sevilla.


Lesão antes do clássico


MESSI BARCELONA SEVILLA LALIGA

No dia 20 de outubro, Messi sofreu mais um contratempo no ano. Em uma partida contra o Sevilla, o camisa 10 culé caiu de mau jeito e teve uma fratura no antebraço direito uma semana antes do clássico contra o Real Madrid. 

A ausência do argentino foi pouco sentida pois o Barcelona demoliu o Real Madrid de Julen Lopetegui. No marcador 5 a 1 para a equipe da casa, com Messi comemorando os gols nas tribunas do estádio.


Fora do prêmio Bola de Ouro


Mesmo com uma grande temporada do argentino, ele ainda assim não ficou nem entre os três finalistas do prêmio Ballon d'Or, da France Football, que elege o melhor jogador do mundo. 

Messi ficou atrás de Luka Modric, Cristiano Ronaldo, Antoine Griezmann e Kylian Mbappé. Poucos entenderam os critérios do prêmio que ignorou a grande temporada do camisa 10 do Barça e da seleção.


Jogador com mais vitórias pelo Barcelona


Já no último mês do ano, Messi bateu mais um importante recorde pessoal: ele se tornou o atleta com maior número de vitórias pelo Barcelona no Campeonato Espanhol.

Lionel Messi Barcelona vs Celta Vigo La Liga 2018-19(Fotos: Getty Images)

Isso aconteceu em 16 de dezembro, em uma partida digna de Lionel Messi: fez três gols e deu duas assistências. Na goleada sobre o Levante.


Recebeu sua quinta chuteira de ouro


Além disso, como realização pessoal e prova do fantástico ano, Messi recebeu sua quinta Chuteira de Ouro: prêmio de quem fez mais gols entre os grandes campeonatos europeus na temporada. Messi, com 34 tentos, deixou para trás Mohamed Salah e Harry Kane na conquista do prêmio.

Ele deixou para trás Cristiano Ronaldo que tem quatro chuteiras de ouro. E assim terminou uma grande temporada com números impecáveis.

Próximo artigo:
Ibrahimovic, Dani Alves e os jogadores com mais títulos na história
Próximo artigo:
Quantos gols Cristiano Ronaldo tem na carreira?
Próximo artigo:
Copa São Paulo: Grêmio, Vasco e Corinthians vão às quartas de final; Atlético é eliminado
Próximo artigo:
FIFA 19 Seleção da Semana: De Gea, Suárez e Fabinho lideram melhores da rodada
Próximo artigo:
BMG indica patrocínio ao Corinthians e inicia “batalha por seguidores” contra a Crefisa
Fechar