Os 10 momentos de Cristiano Ronaldo em 2018

Comentários()
Goal.com
Goal repassa alguns dos grandes episódios vividos pelo atacante português, que trocou o Real Madrid pela Juventus nesta temporada

O ano de 2018, definitivamente, não passará em branco na carreira de Cristiano Ronaldo. Não foi um ano normal para ele, que viveu 12 meses intensos, especialmente após o final da temporada passada, quando conquistou sua quarta Champions League pelo Real Madrid, a quinta na carreira, e deu adeus ao clube que o levou ao topo.

Nove temporadas depois de chegar ao Bernabéu, CR7 trocou a capital da Espanha por Turim, onde passou a vestir a camisa da Juventus. Uma história que, até agora, vem sendo tão bem sucedida quanto o capítulo anterior de sua história pessoal.

Abaixo, Goal repassa, na ordem, os 10 grandes momentos de Cristiano em 2018.


A PARTIDA COM MAIS GOLS


Acostumado a balanças as redes com frequência, Cristiano mostrou todo o seu faro de gol no dia 18 de março: contra o Girona, marcou quatro vezes e deu uma assistência na vitória do Real por 6 a 3, em jogo de La Liga.

Ele não voltaria a marcar quatro vezes em um único compromisso ao longo do ano.

Cristiano Ronaldo Real Madrid Girona LaLiga 18032018


A BICICLETA CONTRA A JUVENTUS


Em uma das séries mais difíceis do Real no ano, Cristiano Ronaldo voltou a se mostrar decisivo - e não foi sem fazer barulho. No dia 3 de abril, no jogo de ida das quartas de final da Champions League, CR7 marcou um dos gols mais bonitos de sua carreira ao acertar uma linda bicicleta e vencer Gianluigi Buffon para os 3 a 0 sobre a Juventus, em pleno Allianz Stadium.

Cristiano Ronaldo Juventus Real Madrid UCL 02032018


O ÚLTIMO GOL PELO REAL


Para muitos, lembrar esse dia pode provocar lágrimas. O dia 19 de maio, ainda que não se sabia, seria a última vez em que Cristiano Ronaldo marcaria como jogador do Real Madrid.

Diante do Villarreal, no estádio La Cerámica, o camisa 7 anotou de cabeça no empate em 2 a 2, na partida que encerrou a participação dos Blancos na última edição de La Liga. Quase um mês antes, em 11 de abril, ele balançou as redes pelo clube pela Champions League pela última vez, diante da Juventus, no Bernabéu.

Cristiano Ronaldo Real Madrid Villarreal LaLiga 19052018


TÍTULO... E UMA 'BOMBA' EM KIEV


O dia 26 de maio fez de Ronaldo um dos poucos jogadores a conquistar a Champions League cinco vezes ao longo da carreira. Mesmo sem ter marcado na final contra o Liverpool, CR7 terminou o torneio mais uma vez como artilheiro (15 gols, cinco a mais que Salah, Firmino e Mané) para ajudar o Real a levar sua terceira Liga seguida, a quarta em cinco anos.

Em meio às celebrações, no entanto, o atacante acabou soltando uma 'revelação' sobre seu futuro: "agora é aproveitar este momento, nos próximos dias terei algo a dizer aos torcedores que sempre estiveram a meu lado. Foi muito lindo estar no Real Madrid', dizia, enquanto todos temiam por sua continuidade na capaital.


O HAT-TRICK CONTRA A ESPANHA


Já na Copa do Mundo da Rússia, Cristiano teria uma estreia memorável no dia 16 de junho, completando aquela que será lembrada como uma de suas melhores atuações com a camisa da seleção de Portugal.

Contra ninguém menos que a Espanha, o '7' anotou um hat-trick, com direito a um golaço de falta, no apagar das luzes, para garantir um ponto importantíssimo diante do rivais ibéricos. Não conseguiu fazer muito mais no Mundial, com os lusos sendo eliminados logo nas oitavas de final, mas a performance ficará marcada como um dos grandes momentos do ano.

Cristiano Ronaldo David de Gea Portugal España Spain World Cup 15062018


O ADEUS AO REAL, O 'OLÁ' À JUVE


No dia 10 de julho, pouco antes da grande decisão do Mundial, CR7 'roubou' os holofotes do futebol para si ao ser anunciado oficialmente como novo jogador da Juventus. Com um contrato válido até junho de 2022, o português se transferia de Madrid para Turim ao custo de cerca de 110 milhões de euros, com um salário avaliado em 30 milhões por temporada. Era o fim de uma etapa exitosa no Santiago Bernabéu, onde chegou a um valor recorde em 2009/10 pelas mãos de Florentino Pérez. Foram 450 gols marcados em 438 partidas pelo clube, em todas as competições.

Cristiano Ronaldo Italian newspapers


A ESTREIA PELA JUVENTUS


Em 18 de agosto, Cristiano Ronaldo realizou sua grandes estreia na Serie A: não conseguiu marcar gols, mas pôde festejar a vitória de sua Juventus em um difícil 3 a 2 contra o Chievo, em Verona. Não faltaram chances para o português marcar, por outro lado...

Cristiano Ronaldo Chievo Juventus Serie A 2018-19


O PRIMEIRO GOL EM TURIM


Quando começaram a surgir, os gols passaram a vir naturalmente para o já provado artilheiro: marcou pela primeira vez pela Juve no dia 16 de setembro, quando também marcou seu segundo, diante do Sassuolo, no Allianz Stadium, em Turim. Era sua quarta partida pela nova equipe, após passar em branco contra Chievo, Lazio e Parma.

Aos cinco minutos do segundo tempo, aproveitou cobrança de escanteio para só ter o trabalho de empurrar a bola para as redes, embaixo do gol adversário. Quinze minutos depois, o segundo, após bater cruzado ao receber passe de Emre Can em um contragolpe mortal da Velha Senhora. O placar estava, assim, definido.


EXPULSÃO E CHORO NO MESTALLA


A alegria durou pouco. Três dias após seu primeiro gol na Juve, Cristiano desabou em tristeza, com uma estreia para esquecer para o Ronaldo 'juventino' na Champions League: em menos de 30 minutos, Ronaldo voltaria à Espanha para deixar o campo expulso no Mestalla, em partida diante do Valencia. Era o dia 19 de setembro.

Após uma confusão na disputa de bola com o colombiano Jeison Murillo (hoje jogador do Barcelona), o português acabou 'dedurado' pelo assistente do árbitro Felix Brych, que apresentou o cartão vermelho a CR7. Dizia-se que ele seria punido com quatro jogos de suspensão, mas acabou sancionado com apenas uma, cumprida diante do Young Boys.

Cristiano Ronaldo Valencia Juventus UCL 19092018


NADA DE BOLA DE OURO


No dia 4 de dezembro, Ronaldo viu sua sequência de vitórias na Bola de Ouro chegar ao fim quando Luka Modric, seu ex-companheiro de Real Madrid, foi agraciado como o melhor jogador do ano em 2018. Ele terminou a votação na segunda colocação, à frente de Antoine Griezmann, e deixou muita gente insatisfeita em seu entorno.

Elma Aveiro, sua irmã mais velha, disparou:  "Infelizmente isto é o mundo, se vive da podridão, máfia e do filha da p... do dinheiro. O poder de Deus é muito maior do que essa podridão toda. Deus tarda, mas não falha."

Antes, foi a vez de Katia Aveiro, que já havia feito duras críticas à decisão de Cristiano não levar o prêmio The Best da FIFA, se manifestar: "O melhor jogador do mundo... para quem entende de futebol, claro", dizia em uma postagem nas redes sociais, com a foto do irmão com a Bola de Ouro na edição anterior.

O empresário do português, Jorge Mendes, disse, por sua vez, que o resultado do prêmio havia sido "ridículo", enquanto seu amigo, Miguel Paixão, falava em 'roubo'.

Luka Modric Balon de Oro

Próximo artigo:
Supercopa da Itália na Arábia Saudita, Rally Dakar no Peru. Os eventos esportivos em palcos inusitados pelo mundo
Próximo artigo:
Com chegada de Arrascaeta Vitinho, se diz aliviado por deixar de ser o mais caro da história do Flamengo
Próximo artigo:
Messi celebra os 400 gols na La Liga e garante não pensar em números
Próximo artigo:
Com a chegada de Ricardo Gourlart, qual a melhor formação para o Palmeiras?
Próximo artigo:
Futebol na TV: confira a programação de quarta-feira, 16 de janeiro
Fechar