Onde assistir aos jogos do Brasileirão feminino 2020?

Comentários()
Principal competição da modalidade já está nos mata-matas, e ainda promete muitas emoções

A primeira fase do Campeonato Barsileiro A-1 chegou ao fim. Depois de 15 rodas, agora só restam mais oito times que disputam apenas uma vaga para a Copa Libertadores 2021. Com craques de seleção brasileira em campo, a competição promete emoções até o fim.

Acompanhe o melhor do futebol ao vivo ou quando quiser no DAZN! Clique aqui e ganhe um mês grátis para experimentar!

A competição teve início ainda no dia 8 de fevereiro mas, assim como todas as outras, teve de ser paralisada por conta da pandemia de Covid-19. Desta forma, o encerramento que estava programado para o dia 13 de setembro, tem agora o 6 de dezembro com data base - podendo ainda sofrer alterações por parte da CBF.

Confira todas as informações do Brasileirão Feminino


Times participantes


Estes são os times do Brasileirão 2020:


Como acabou a primeira fase


Corinthians feminino 2020 Foto: Rodrigo Gazzanel / Ag. Corinthians

Ao final da primeira fase, a tabela de classificação do Campeonato Brasileiro feminino A-1 ficou da seguinte maneira, com as definições dos oito finalistas e dos quatro rebaixados para o A-2 de 2021. Veja:

Posição Equipe Pontos Vitórias / Empates / Derrotas Saldo de Gols
1 Corinthians 42 14V, 0E, 1D 38
2 Santos 33 11V, 0E, 4D 25
3 Internacional 33 10V, 3E, 2D 25
4 Ferroviária 29 9V, 2E, 4D 21
5 Palmeiras 28 8V, 4E, 3D 13
6 Kindermann 27 8V, 3E, 4D 27
7 São Paulo 27 8V, 3E, 4D 22
8 Grêmio 24 7V, 3E, 5D 5
9 Flamengo 24 7V, 3E, 5D 2
10 Cruzeiro 23 7V, 2E, 6D 4
11 São José 20 6V, 2E, 7D 1
12 Minas Brasília 14 4V, 2E, 9D -9
13 Iranduba 11 3V, 2E, 10D -12
14 Audax 7 2V, 1E, 12D -53
15 Ponte Preta 3 1V, 0E, 14D -55
16 Vitória 0 0V, 0E, 15D -54

Os times em  negrito  avançaram para as quartas de final e os times em italico  foram rebaixados.


Onde vai passar?


Santos x Palmeiras feminino 2020
Foto: Pedro Ernesto Guerra Azevedo/Santos FC

Todos os jogos da temporada serão transmitidos ao vivo. A Band e o Twitter detém os direitos de transmissão, além da prioridade de escolha das partidas. Já a CBF irá mostrar as partidas restantes por meio de seu site, em parceira com o MyCujo.


Forma de disputa


Na primeira fase do Brasileirão feminino, todas as 16 equipes se enfrentam em partida única, com comandos pré definidos pela CBF. Ao final dos 15 jogos, as quatro melhores se classificam para as quartas de final, enquanto as quatro piores são rebaixadas para a Série A-2 de 2021.

Nas quartas de final, os confrontos são definidos pela posição na tabela da primeira fase, e são realizados em jogos de ida e volta, sem gol fora como critério de desempate. Os vencedores seguem para as semifinais, que funcionam da mesma maneira, até que se defina o confronto da final (marcada para os dias 22 de novembro e 6 de dezembro de 2020).

A novidade para a fase de mata-mata é a presença do árbitro de vídeo, pela primeira vez na competição. O VAR foi anunicado pela CBF nesta sexta-feira (16).


Confrontos das quartas de final


Os oito times que seguem na disputa pelo troféu e pela vaga na Libertadores começam a se enfrentar pelas fase mata-mata. Os quatro melhores (que estão à esquerda) decidem em casa. 

Corinthians (1º) x (8º) Grêmio

Ida: 25/10, às 16h (de Brasília), na Arena do Grêmio - Transmissão da Band - Grêmio 0 x 3 Corinthians

Volta: 02/11, 1as 19h (de Brasília), na Neo Química Arena - Transmissão pelo Twitter do BR Feminino

Ferroviária (4º) x (5º) Palmeiras

Ida: 28/10, às 19h30 (de Brasília), no Allianz Parque - Transmissão do MyCujoo - Palmeiras 2 x 1 Ferroviária

Volta: 01/11, às 19h30 (de Brasília), na Fonte Luminosa - Transmissão do MyCujoo

Santos (2º) x (7º) São Paulo

Ida: 28/10, às 19h30 (de Brasília), no Morumbi - Transmissão pelo Twitter do BR Feminino - São Paulo 0 x 0 Santos

Volta: 01/11, às 16h (de Brasília), na Vila Belmiro - Transmissão da Band

Internacional (3º) x (6º) Kindermann

Ida: 28/10, às 17h (de Brasília), na Ressacada - Transmissão do MyCujoo - Kindermann 3 x 2 Internacional

Volta 01/11, às 16h (de Brasília), no Beira Rio - Transmissão do MyCujoo


Maiores campeões


 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Começou o #BrasileiroFeminino 2020! E já são décadas de história! 🇧🇷😍 ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ Você lembra destes clubes e torneios? São diferentes formatos e nomes para trazer as equipes femininas a campo ⚽ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ 🏆 Taça Brasil 🏆 1983 Radar 1984 Radar 1985 Radar 1986 Radar 1987 Radar 1988 Radar 1989 Saad 1990 Independente-PA 1991 Sul América 1992 - 1993 Vasco 1994 Vasco 1995 Vasco 1996 MS/Saad 1997 São Paulo 1998 Vasco 1999 Portuguesa 2000 - 2001 Santa Isabel 2002 - 2003 MS/Saad ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ 🏆 Copa do Brasil 🏆 2006 Botucatu 2007 MS/Saad 2008 Santos 2009 Santos 2010 Duque de Caxias 2011 Foz Cataratas 2012 São José 2013 São José 2014 Ferroviária 2015 Kindermann 2016 Corinthians/Audax ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ 🏆 Brasileirão 🏆 2013 Centro Olímpico 2014 Ferroviária 2015 Rio Preto 2016 Flamengo 2017 Santos 2018 Corinthians 2019 Ferroviária

Mais artigos abaixo

Uma publicação compartilhada por Goal Brasil (@goalbrasil) em

Em sete edições, a Ferroviária é a equipe que mais venceu a competição o Brasileirão feminino: em 2014 e 2019. Os outros times vencedores são Centro Olímpico-SP (2013), Rio Preto-SP (2015), Flamengo (2016), Santos (2017) e Corinthians (2018). 

Mas a história do futebol feminino no Brasil não fica só no Brasileirão: outros torneios, como a Taça Brasil e a Copa do Brasil, tem outros grandes campeões: o Radar, o Vasco da Gama, o Saad, o Santos e o São José tem mais de uma conquista.

Fechar