Notícias Placares ao vivo
Manchester United

Manchester United: o que foi o desastre aéreo de Munique, em 1958?

20:33 BRST 06/02/2019
Munich air disaster memorial Old Trafford
Oito integrantes do "Red Devils" morreram. Bobby Charlton foi um dos sobreviventes

Há 61 anos, um acidente aéreo em Munique deixou 23 mortos, entre eles oito jogadores do Manchester United e três membros do estafe da equipe. Além do clube inglês prestar homenagem todos os anos, a Goal relembra os detalhes da tragédia. Confira!


O QUE ACONTECEU


No dia 6 de fevereiro de 1958, o voo que voltava de Belgrado após a disputa do jogo de volta do United contra o Estrela Vermelha, pelas quartas de final da Copa dos Campeões daquela temporada, tentou decolar do aeroporto de Munique, mas caiu diante do mau tempo, depois de duas tentativas de decolagem fracassadas. A terceira terminou da pior maneira.

Geoff Bent, Roger Byrne, Eddie Colman, Mark Jones, David Pegg, Tommy Taylor, Liam Whelan e Duncan Edwards eram jovens, menores de 30 anos e grandes jogadores, que foram transformados em lendas.


 A EQUIPE


Os "Busby babes", como eram conhecidos em homenagem ao treinador escocês Matt Busby, foram uma equipe extraordinária, cujo feito nunca chegamos a conhecer. Com Bobby Charlton e Duncan Edwards como grandes nomes, o United venceu a Liga inglesa em 1956 com um elenco repleto de jovens craques.

Na verdade, muitos acreditam que se a catástrofe não tivesse acontecido, Edwars teria sido o melhor jogador do futebol inglês de todos os tempos. 

"Alguns se perguntavam se o United ainda existiria após a tragédia de Munique. Eu não tenho nenhuma maneira de pensar sobre as coisas em perspectiva. Eu só sei que me causou a morte de meus colegas, agora eu entendo que eles eram crianças. Isso me marcou para sempre ". As palavras são de Bobby Charlton, o ídolo que o destino quis que continuasse vivo. Ele tinha apenas 20 anos quando conseguiu escapar da morte.


Red Devils não deixaram a tragédia diminuir a grandeza do clube (Foto: Getty Images)
 

"Isso é para mostrar ao mundo que não abaixamos a cabeça após a tragédia. Porque como nós nos comportamos agora, vai determinar como seremos no futuro. Formaremos uma equipe e temos que arrumar forças", disse Jimmy Murphy após o acidente.

O assistente de Matt Busby foi o responsável do renascimento da equipe. Com o tempo, o Manchester United voltou a ser o que era. Ganhou títulos europeus, tornou-se o clube mais vitorioso da Inglaterra e um dos mais respeitados do mundo. No entanto, ele tem uma ferida aberta que nunca vai fechar. Oito ídolos partiram antes do tempo, quando ainda poderiam dar muito para Old Trafford.


HOMENAGEM