Notícias Placares ao vivo
Liga dos Campeões da UEFA

Klopp: "eliminar o Bayern? Queria é vencer pelo Liverpool"

20:49 BRT 13/03/2019
Jurgen Klopp Bayern Munich Liverpool 13032019
O alemão falou até mesmo sobre a felicidade que alguns torcedores do Dortmund, sua ex-equipe, devem ter sentido

Jurgen Klopp não escondeu a felicidade pela exibição do Liverpool na vitória por 3 a 1, fora de casa, sobre o Bayern de Munique. O resultado desta quarta-feira (13), construído com dois gols de Mané e um de Van Dijk, garantiu a classificação da equipe inglesa para as quartas de final da Champions League.

E além da felicidade pela vitória fora de casa e em seu país natal, Klopp também confirmou o ‘gostinho especial’ por ter superado o Bayern. A equipe bávara era o grande adversário do treinador durante as suas sete temporadas no comando do Borussia Dortmund – que em 2013 foi derrotado pela equipe de Munique na final da Champions League.

“Eu não queria apenas bater o Bayern, eu queria ganhar com o Liverpool. Evidente que muitos torcedores do Dortmund ficarão felizes, e se eu pude ajuda-los é ótimo também”, disse para o BT Sport.

“Foi mais uma noite de Champions League maravilhosa para o Liverpool e isso é bom. Alguém vai enfrentar alguém no próximo jogo. Os rapazes amam esta competição, eles vão com tudo e eu gosto disso. A vontade foi espetacular. Muito bom”, completou.

Outros pontos da entrevista de Klopp

Situação de Henderson

“Estou muito orgulhoso dos rapazes. Jordan Henderson torceu o seu tornozelo. Espero que não seja muito sério, nunca é um momento bom fazer mudanças”.

Golaço de Mané e elogios à defesa

“Eu quero assistir de novo pelo menos umas mil vezes! Normalmente não defendemos da forma que geralmente fazemos fora de casa em jogos de Champions League, mas hoje nós conseguimos”.

Sobre Van Dijk

“Ele dá organização nas bolas paradas e é perigoso. É uma grande ameaça. O tamanho que temos e o poder que temos... foi um grande objetivo”.

Sobre o jogo

“Em uma partida como essa haverá erros, mas você precisa continuar no jogo. Controlar os momentos que você pode controlar e seguir na partida. No jogo não parecia que o Bayern poderia nos superar. Nós marcamos os outros dois e poderíamos ter feito outro, com aquela chance do Mohamed Salah”.