Notícias Placares ao vivo
Guardiola

Ibrahimovic sobre Guardiola: "Como treinador é um fenômeno, como homem..."

20:36 BRT 19/10/2019
Zlatan Ibrahimovic Pep Guardiola Barcelona
Em entrevista ao jornal Gazzetta dello Sport, o atacante sueco fez duras críticas ao técnico do Manchester City

Se há alguém que não é indiferente a ninguém, esse é Zlatan Ibrahimovic. O sueco, agora no Los Angeles Galaxy, concedeu uma entrevista ao jornal 'La Gazzetta dello Sport', na qual analisou todos os tipos de tópicos e, entre outras coisas, não esqueceu Pep Guardiola, com quem seu relacionamento está longe de ser razoável.

Quer ver jogos ao vivo ou quando quiser? Acesse o DAZN e teste grátis o serviço por um mês!

"Nunca houve confronto por causa dele. Quando ele jogou contra o meu time, ele voltou ao vestiário no final do jogo e estava em uma sala esperando que isso acontecesse. Na porta, um de seus assistentes o avisou: "Ibra se foi. Você pode passar". Eu nunca entendi o porquê. Na televisão, ele sempre joga duro e quando há um encontro real, ele se esconde. Como treinador, é um fenômeno, mas como homem...", descreveu o atacante.

Que o relacionamento entre os dois em Barcelona era ruim não é segredo. De fato, quando o sueco partiu para o Milan, ele chamou o atual treinador do Manchester City de "filósofo".

Algo que contrasta com a opinião do atacante sobre aquele que foi seu técnico na Inter de Milão, José Mourinho. "Será sempre o Special One. Teve um tremendo impacto na minha carreira. Eu adoraria se estivesse de volta aos bancos. Na sua próxima aventura, você terá sucesso", disse Ibrahimovic.

O atacante foi questionado se ele se arrependia de deixar o Inter. "Eu sei que você quer me perguntar sobre a tríplice coroa. Todo mundo quer ganhar a Liga dos Campeões. Seria bobo se eu pensasse o contrário. Eu sinto falta disso e teria sido um ótimo título para colocar na estante, mas, naquele momento, eu queria mais. Pensei que o Barça foi a melhor escolha. O erro foi distorcer o meu jogo para tentar jogar como eles. Não me arrependo de nada, apenas isso".

Outra questão sobre a qual Ibrahimovic foi questionado é sobre Messi e Cristiano Ronaldo. Ambos já ultrapassaram os trinta anos e, enquanto o argentino permanece no clube de sua vida, o português continua a explorar outras ligas, outras equipes. O sueco foi sincero.

"Vamos ver onde eles estão quando tiverem a minha idade. Aos 35 anos, estava no United. Não foi fácil, mas na minha primeira temporada, vencemos três títulos, quebrando previsões. Você não sabe quantos inimigos eu tenho... Admiro Cristiano. Ele trabalha muito. E ele jogou em todos os lugares, mas na Itália é diferente. Não me surpreende que ele marque menos do que antes. Sobre Leo, o que dizer? Ele tem um talento único e está em casa. Para mim, ele nunca mudará de time", disse.

Por outro lado, Ibra disse quem é o melhor jogador do planeta no momento, de acordo com seu ponto de vista. "Mbappé, para quem eu quero dar conselhos. O sucesso chegou repentinamente e jovem, mas você deve saber que sempre terá que suar e sentir mais fome do que outros", concluiu.