Há dois anos, Brasil de Neymar e Gabriel Jesus faturava o inédito ouro olímpico

Comentários()
VANDERLEI ALMEIDA/AFP/Getty Images
Equipe comandada por Rogério Micale conseguiu feito inédito na história do futebol brasileiro

Durante anos, o futebol pentacampeão do mundo viveu diante da sua única frustração: a ausência da medalha de ouro nos jogos olímpicos. No entanto, há dois anos, diante de sua torcida, num Maracanã lotado, o sonho virou realidade, e o Brasil faturou o ouro olímpico. 

Depois da frustração na Copa do Mundo, o time comandado por Rogério Micale sabia que não podia decepcionar a torcida e quis o destino que a grande decisão fosse diante da Alemanha, equipe para quem havia sofrido o maior revés de sua história. 

Reforçado por Neymar, Renato Augusto e Weverton, atletas acima dos 23 que foram chamados pelo treinador com a responsabilidade de liderar o grupo, a Seleção despacou a Alemanha nos pênaltis e garantiu o unício título que faltava na coleção canarinho. 

Brazil Germany Olympics Gold 20082016
(Foto: Getty Images)

O início da campanha foi complicada mesmo contanto com um quarteto de dar inveja formado por Neynar, Gabriel Jesus, Gabigol e Luan, o Brasil encontro dificuldades. Empatou em 0 a 0 com a África do Sul na estreia, e no jogo seguinte com o Iraque. Na terceira partida aplicou uma goleada de 4 a 0 sobre a Dinamarca

Mais artigos abaixo

Nas quartas, venceu a Colômbia por 2 a 0 e atropelou Honduras por 6 a 0 na semifinal. Diante dos alemães, na grande decisão, Neymar abriu o placar numa linda cobrança de falta, levando os brasileiros mais saudosos ao delírio no Maracanã. Meyer empatou. 

Na disputa por pênaltis, Weverton defendeu a cobrança de Petersen, artilheiro da Alemanha no torneio. Para garantir a taça, Neymar cobrou e convertou a sua penalidade, levando o estádio à loucura. 

pódio - Brasil x Alemanha 2008
(Foto: Getty Images)

A competição foi de extrema importância para o trabalho de recuperação da Seleção Brasileira e rendeu alguns jogadores para o time de Tite, além de Neymar e Renato Augusto, Gabriel Jesus conseguiu se firmar na equipe do treinador, que fazia sua primeira convocação pouco tempo depois da final do torneio. 

Fechar