Guardiola vibra com vitória decisiva do Manchester City: “tudo está aberto”

Comentários()
Getty Images
O treinador catalão destacou que uma derrota significaria o fim do sonho do bicampeonato e exaltou Aguero e Fernandinho

Pep Guardiola não escondeu a sua felicidade após a vitória por 2 a 1 sobre o Liverpool, nesta quinta-feira (03), que recolocou o Manchester City de vez na briga pelo título da Premier League 2018-19.

Em entrevista após o embate, que teve gols de Aguero e Sané pelos donos da casa e Firmino para os líderes, o treinador catalão reconheceu o caráter decisivo eu envolvia a disputa. “Se tivéssemos perdido hoje, seria quase o fim”, destacou Guardiola. Agora a distância entre líder e vice-líder encurtou para quatro pontos.

“O jogo entre uma área e a outra fez a diferença. Nós estivemos espetaculares desde o primeiro minuto. Estou feliz em reduzir a diferença em relação ao Liverpool e de voltar à segunda posição. Tudo está aberto”, afirmou Pep Guardiola após a vitória.

“Nós precisamos de Sergio (Aguero) em jogos como este. Ele tem uma qualidade especial nessas posições, fez isso durante toda a sua carreira. A finalização dele foi incrível. Eles tiveram a primeira chance (onde por milímetros a bola não ultrapassou a linha do gol), falta de sorte nossa. Mas depois daquilo nós jogamos muito bem. Marcamos duas vezes e criamos mais. O mais importante é que mostramos coragem”.

Guardiola também se desculpou por um lance no qual reclamou acintosamente com o quarto árbitro e disse que a receita agora é caminhar jogo a jogo: “Se nós tivéssemos perdido hoje, seria quase o fim. Teria sido muito difícil, mas não podemos esquecer que estamos a quatro pontos deles e que eles são os líderes. Mas isso nos dá muita confiança”.

“Agora é descansar. Depois tem a FA Cup, e depois é ir jogo a jogo”, finalizou o treinador catalão, que não poupou elogios à excelente exibição de Fernandinho: “está de volta!”.

Próximo artigo:
Jornal: Flamengo está perto de contratar Jorge por empréstimo
Próximo artigo:
Real Madrid tem 'sim' de Éder Militão para junho, mas Porto quer receber o valor da venda agora
Próximo artigo:
Jornal: Barcelona descarta Morata e revê reforço para o ataque
Próximo artigo:
"Encanto especial" - FIFA acena positivamente sobre Copa do Mundo entre Portugal, Espanha e Marrocos
Próximo artigo:
Brasil no Sul-Americano Sub-20: elenco, destaques, comissão técnica e agenda de jogos
Fechar