Grêmio demite invicto Mancini por ''pressão popular'' e busca novo treinador

Vagner Mancini, Gremio, 2022Lucas Uebel/Grêmio/Divulgação

Após definir a demissão do técnico Vagner Mancini, a direção gremista busca contratar ainda nesta segunda-feira o novo treinador. Os nomes cotados são de Roger Machado, Lisca e Mano Menezes.

A demissão de Vagner Mancini era algo que já vinha amadurecendo nos últimos dias. A pressão de conselheiros e de boa parte dos torcedores influenciaram na decisão de demitir o treinador.

Mais artigos abaixo

“A gente já vinha conversando há horas, está muito difícil fazer futebol hoje em dia. O time ganha e não consegue sair na rua, o time está líder do campeonato e a torcida cobra. Posso trazer o Guardiola, se não jogar bem a torcida derruba. A pressão externa demitiu Mancini e ele estava vendo tudo, já imaginava que isto poderia acontecer”, disse Sérgio Vasquez, diretor de futebol do Grêmio, em contato com a reportagem do Goal.com

A curiosidade é que há exatos 14 anos o técnico Vagner Mancini também era demitido do Grêmio, de maneira invicta, com quatro vitórias e dois empates. Na época os dirigentes alegaram que o time, mesmo invicto, vinha mostrando queda de rendimento.

Roger Machado foi o primeiro treinador procurado por Dênis Abrahão, atual vice de futebol, e é o nome mais cotado para ser o substituto de Vagner Mancini.