Grêmio define vendas de Matheus Henrique e Ruan para o Sassuolo

Última atualização
Getty Images

O Grêmio acertou a venda do volante Matheus Henrique e do zagueiro Ruan para o Sassuolo, da Itália. A negociação foi concretizada nesta sexta-feira, com o CEO gremista, Carlos Amodeo, definindo os últimos detalhes da transferência e os valores a serem recebidos pelo tricolor. O agente do jogador, Fábio Mello, também está na Itália para acertar a situação. A dupla se reuniu com dirigentes do clube italiano desde a última segunda-feira (26) a fim de acertar a negociação. Haverá um novo encontro neste sábado (31) para que as partes assinem documentos e definam o caso completamente.

Pelo volante Matheus Henrique, o Grêmio vai receber 10 milhões de euros, mais três milhões de euros em bonificações, caso o jogador atinja algumas metas estabelecidas em contrato, como número de jogos como titular e convocações para a seleção brasileira principal.

O meio-campista já deu aval para fechar o negócio com os italianos. Ele é visto nos bastidores do Sassuolo como uma reposição a Locatelli, que se divide entre Juventus e Arsenal no mercado da bola.

Futebol ao vivo ou quando quiser? Clique aqui e teste o DAZN grátis por um mês!

Antes de acertar a venda ao Sassuolo, o Grêmio recusou investidas de outros clubes do exterior por Matheus Henrique. As propostas foram de sete milhões de euros e oito milhões de euros. Os gaúchos, contudo, fixaram que seria necessário receber no mínimo dez milhões de euros pela negociação.

Matheus Henrique, que está servindo à seleção brasileira olímpica, não joga mais pelo tricolor, indo direto de Tóquio para a Itália.

Em relação ao zagueiro Ruan, os valores são menores. O Grêmio vai receber cinco milhões de euros por 60% do vínculo econômico. Pelos outros 40%, que pertencem a empresários e ao Novo Hamburgo, time da grande Porto Alegre, serão pagos três milhões de euros, divididos entre as partes.

Ficou acertado também que, mesmo com a venda, o zagueiro Ruan vai permanecer atuando pelo Grêmio até o final desta temporada, só se apresentando no Sassuolo em janeiro de 2022.

Quem também está próximo de deixar o tricolor gaúcho é o atacante Ferreira. O Al Ain FC, time dos Emirados Árabes, ofereceu quatro milhões de euros pelo empréstimo por um ano, com vínculo econômico fixado em 11 milhões de euros no final do empréstimo, caso exista o interesse do clube em adquirir em definitivo o atleta.

Ferreira está em fase final de recuperação de um estiramento do ligamento colateral medial do joelho direito e deve voltar a ficar à disposição na próxima semana.