Felipão deixa Cruzeiro com time na segunda divisão e longe de dias melhores

Luiz Felipe Scolari Felipão Cruzeiro Oeste Série B 14 01 2021
Bruno Haddad/Cruzeiro
Scolari comandou a equipe celeste em 21 partidas, somando nove vitórias, oito empates e quatro derrotas

Luiz Felipe Scolari não é mais treinador do Cruzeiro. O clube mineiro anunciou na manhã desta segunda-feira que o gaúcho deixa o cargo em comum acordo com a diretoria. 

Futebol ao vivo ou quando quiser? Clique aqui e teste o DAZN grátis por um mês!

Felipão foi contratado para a dura missão de levar a Raposa de volta à primeira divisão do Campeonato Brasileiro, mas não conseguiu o feito. O técnico comandou a equipe em 21 jogos, sendo eles nove vitórias, oito empates e quatro derrotas. 

Mais artigos abaixo

O Cruzeiro está na 12ª colocação da Série B com 48 pontos e não pode mais retornar à elite. A "boa notícia" é que a equipe celeste também não corre risco de cair para a Série C, que foi uma ameaça real no começo da campanha na segunda divisão. 

Depois de empate sem gols com o Náutico no último domingo, Felipão fora vago sobre sua permanência no clube. "Isso é um assunto que eu resolvo com o presidente quando entender que seja o local e o horário necessários. Portanto, quando tiver alguma coisa, eu comunico a vocês se houve reunião, se não houve reunião, o que que dá pra fazer, o que não dá para fazer. Mas, por enquanto, não tenho nada para comunicar definitivamente não", dissera.

A Raposa encerra sua participação na Série B 2020 na próxima sexta-feira, fora de casa, em duelo contra o Paraná, às 21h30. O grande desfalque será o ídolo Fábio, que foi expulso no empate com o Náutico.

Fechar