Cristiano Ronaldo: estranho na Juventus, mas ainda decisivo

Comentários()
Getty Images
O português é artilheiro da equipe italiana, mas vem desperdiçando algumas chances e demonstra certa ansiedade... natural para o período de adaptação

Header Tauan Ambrosio

Após ter marcado três gols em seus últimos dois jogos válidos pela Serie A italiana, Cristiano Ronaldo não conseguiu estufar as redes do Bologna, em duelo válido pela sexta rodada, na última quarta-feira (26). Mas ainda que tenha sido decisivo ao ajudar na construção da vitória, CR7 segue demonstrando algumas dificuldades para se adaptar a esta nova fase.

O craque português recebeu o crédito pela assistência dada a Blaise Matuidi no triunfo sobre os Rossoblu, mas a verdade é que não teve a mínima intenção de servir o companheiro: arriscou uma finalização que, por mais complicada que fosse, não refletiu tanto o seu conhecido faro de gols. A bola cruzou a pequena área até o meio-campista francês, que ajeitou e finalizou para o fundo das redes.

Ver CR7 em campo pela Juventus tem sido um pouco estranho: pela nova camisa, novos estádios e companheiros diferentes. Acima de tudo, por algumas oportunidades desperdiçadas pelo luso, que embora seja quem mais arrisque finalizações (48) dentre todos os atletas considerando os times das cinco principais ligas nacionais da Europa, fez apenas três gols em sete jogos (incluindo aí a partida na qual foi expulso contra o Valencia, pela Champions League).

Cristiano Ronaldo Juventus Bologna Serie A(Foto: Getty Images)

Até o próprio Cristiano deve estar sentindo algo estranho, já que não consegue esconder a ansiedade para marcar gols com a frequência que fazia nos tempos de Real Madrid. Mas a coragem para mudar de ares e aceitar um desafio novo é admirável.

Admirável, também, como, mesmo sem ainda demonstrar o futebol que todos esperavam, Cristiano Ronaldo consegue ser decisivo para a Juventus. É artilheiro (3 gols) e líder em assistências (2, ainda que a última não tenha sido intencional) da equipe que lidera a Serie A com 100% de aproveitamento.

Ou seja: mesmo quando parece estar abaixo do que esperamos, ele decide.

Mas ainda não fez uma exibição espetacular, daquelas que honram o legado de um dos maiores da história. Neste sábado (29), contra o Napoli, vice-líder do Campeonato Italiano, o camisa 7 terá uma grande oportunidade para mostrar ser aquele Cristiano Ronaldo seguro e espetacular. E mesmo que o roteiro não seja exatamente assim, ele sempre pode decidir.

Fechar