Histórico comprova: 1 a 0 na ida não quer dizer muita coisa em finais de Copa do Brasil

Comentários()
O placar de Cruzeiro e Corinthians se repetiu outras quatro vezes, e em 2018 a balança terá que pesar para um lado

Header Tauan Ambrosio

O Cruzeiro fez prevalecer o fator casa e a qualidade técnica superior, ainda que o jogo contra o Corinthians tenha sido tão disputado quanto sem grandes emoções, para sair em vantagem na final da Copa do Brasil 2018. Em busca de ser o primeiro clube a conquistar o torneio seis vezes, a Raposa bateu o Timão graças ao único gol anotado por Thiago Neves, de cabeça, no Mineirão.

Mas no jogo desta quarta-feira (17), em São Paulo, tudo pode mudar. Prova disso está no equilíbrio histórico em finais de Copa do Brasil que terminaram em 1 a 0 no primeiro duelo: em metade das vezes os vencedores terminaram com o título, na outra metade tiveram que abaixar a cabeça após o apito final. Ou seja: nesta edição a balança vai pesar para um lado.

Na história da Copa do Brasil, disputada desde 1989, apenas em quatro ocasiões o campeão foi derrotado no jogo de ida. Aconteceu pela primeira vez em 1992, quando o Internacional bateu o Fluminense por 1 a 0 em casa após ter sido derrotado por 2 a 1 na ida. Em 1998 não bastou ao Cruzeiro a vitória pelo placar mínimo contra o Palmeiras, que fez 2 a 0 na volta para levantar a taça.

Dez anos depois, o exemplo mais impressionante: o Sport perdeu por 3 a 1 para o Corinthians em São Paulo e conseguiu se recuperar de forma gloriosa, e histórica, graças aos gols de Carlinhos Bala e Luciano Henrique nos 2 a 0 dentro da Ilha do Retiro. O último exemplo aconteceu há três anos, quando o Palmeiras – pela segunda vez – se recuperou de um revés inicial. Na Vila Belmiro o Santos bateu os alviverdes pela contagem mínima (tento de Gabigol) com direito a várias provocações, especialmente entre o atacante santista Ricardo Oliveira e o goleiro Fernando Prass.

Palmeiras Fernando Prass 02122015A última vez que um time perdeu o jogo de ida e foi campeão foi em 2015 (Foto: Getty Images)
 
Copa do Brasil Ida Volta Campeão
1992 Fluminense 2x1 Inter Inter 1x0 Inter
1998 Cruzeiro 1x0 Palmeiras Palmeiras 2x0 Cruzeiro Palmeiras
2008 Corinthians 3x1 Sport Sport 2x0 Corinthians Sport
2015 Santos 1x0 Palmeiras Palmeiras 2(4) x (3)1 Santos Palmeiras

No duelo de volta, uma grande bandeira em homenagem ao arqueiro previu a noite inesquecível no Allianz Parque. O Palmeiras venceu por 2 a 1 e conquistou o troféu após triunfar na disputa de pênaltis, com Prass defendendo uma cobrança e convertendo a última. Este é o histórico que ainda dá uma pitada a mais de esperança para o Corinthians conquistar pela quarta vez a Copa do Brasil. Ao Cruzeiro, o aprendizado de 1998 e a inspiração para repetir o feito de Flamengo (1990, contra o Goiás) e Vasco (2011, diante do Coritiba), que foram os únicos campeões até hoje que venceram o primeiro jogo por 1 a 0.

Façam suas apostas!

Próximo artigo:
Brasileirão: maiores campeões, artilheiros e números históricos!
Próximo artigo:
Último Superclássico sem Messi ou CR7 foi há 11 anos. Você lembra como foi?
Próximo artigo:
Marquinhos: "boa sorte a Real Madrid e Barcelona se quiserem levar o Neymar"
Próximo artigo:
Jornal: De olho no Real Madrid, advogados de Conte se reúnem com Chelsea
Próximo artigo:
Bolt recebe proposta formal de time australiano após brilhar em período de testes
Fechar