Copa América: Brasil, Argentina e o jejum de títulos

Comentários()
As duas maiores potências sul-americanas não vivem os seus melhores momentos em termos de conquistas

Brasil e Argentina são as maiores forças da América quando o assunto é futebol. Campeões mundiais e fábricas de craques talhados em dois estilos historicamente diferentes, entretanto, as camisas canarinho e albiceleste não vivem os seus melhores momentos quando o assunto é conquistar o título continental.

O jejum argentino é mais longo. Na verdade, considerando as seleções que já foram campeões do mundo os nossos hermanos só estão a menos tempo na fila do que a Inglaterra (que triunfou no Mundial de 1966 e só).  A última vez que a Albiceleste levantou uma taça foi justamente em uma Copa América, a de 1993. Desde então, já se passaram 26 anos e nove edições do certame continental mais antigo do mundo.

Especial Copa América 100 años (simeone argentina 1993Simeone e companhia: o último título argentino foi em 1993 (Foto: Getty Images)

A última taça levantada pela Seleção Brasileira na Copa América foi em 2007, justamente com vitória por 3 a 0 sobre o arquirrival. Lá se vão 12 anos e três edições do torneio desde então. Mas embora a seleção argentina esteja na fila por um tempo maior, o maior jejum de títulos na Copa América pertence ao Brasil. Entre 1922 e 1949, foram 27 anos e 14 edições sem levantar a taça mais cobiçada do continente.

Galeria finais da Copa AmericaEm 1949, o Brasil encerrou longos 27 anos de jejum na Copa América (Foto: Getty Images)

E se cada lado tem um motivo para provocar o rival, pelo menos os títulos mundiais (2002) e da Copa das Confederações (2013, a última taça levantada pelo Brasil) depões a favor dos brasileiros... mas já chegou a hora dos gigantes acordarem novamente na disputa continental.

Fechar