Após oito cirurgias e ameaça de amputação, Cazorla volta à seleção da Espanha

Comentários()
Getty Images
Meia do Villareal chegou a ficar dois anos sem jogar após complicações pela lesão que sofreu em 2013

Após oito cirurgias no tornozelo direito, uma ameaça de amputação do pé e uma infecção grave que tirou parte de seu tendão de aquiles, o meia Santi Cazorla voltou a ser convocado pela seleção da Espanha nesta sexta (17).

O espanhol do Villareal era presença constante na seleção espanhola no começo da década e membro do time que venceu a Euro 2012, mas uma lesão no tornozelo direito em 2013 começou uma fase de pesadelo na carreira de Cazorla.

Ao longo dos anos seguintes ele passou por oito cirurgias. Entre idas e vindas dos gramados, ele chegou a ficar dois anos, entre outubro de 2016 e julho de 2018, sem disputar uma partida.

QUER VER JOGOS AO VIVO OU QUANDO QUISER? ACESSE O DAZN E TESTE O SERVIÇO POR UM MÊS GRÁTIS!

O retorno definitivo aconteceu quando ele deixou o Arsenal e voltou para o Villareal, time que o revelou, na temporada passada. Após um ano de recuperação, em 2018-19 Cazorla finalmente voltou a jogar normalmente. Foram 33 partidas, 6 gols e 11 assistências entre o Campeonato Espanhol e Europa League. O Villareal celebrou a convocação no Twitter:

O meia irá atuar nos jogos da Espanha contra as Ilhas Faroé e a Suécia nos dias 7 e 10 de junho pelas eliminatórias da Eurocopa 2020.

Fechar