Quais são e quanto pagam os patrocínios máster no Brasil?

Fagner Corinthians camisa Neo Química 2021
Rodrigo Coca/Corinthians/Divulgação
Confira quais são as equipes brasileiras que contam com patrocínio no espaço mais nobre de suas camisas e o quanto elas arrecadam

Os clubes mais poderosos do nosso futebol passaram a contar com patrocínios em suas camisas em 1982. O chamado patrocínio master é aquele com o maior valor de mercado e, exatamente por isso, também é chamado como “espaço nobre”.

Futebol ao vivo ou quando quiser? Acesse o DAZN e faça o teste por um mês grátis!

Abaixo, confira quais são as marcas que investem e estampam os uniformes dos principais clubes brasileiros.

  1. Flamengo
    Getty Images

    Flamengo

    O Flamengo tem um novo patrocinador master: o clube assinou com o Banco de Brasília e receberá R$ 35 milhões anuais, além de outras variáveis.
  2. São Paulo
    Rubens Chiri/São Paulo FC

    São Paulo

    O Tricolor renovou o acordo com o banco mineiro Inter até o final de 2020. Os novos valores não foram divulgados. O contrato anterior, que venceria no final de abriu, previa um pagamento de R$ 1,5 milhão por mês. Banco Inter e São Paulo são parceiros desde 2017.
  3. Palmeiras
    Getty

    Palmeiras

    Palmeiras e Crefisa renovaram acordo por três temporadas no início de 2019. Anunciado como o "maior patrocínio da América Latina" à época, o contrato prevê pagamento de R$ 81 milhões anuais pela exclusividade da marca na camisa, bonificações por metas que poderiam chegar a R$ 34 milhões por ano e outros R$ 6,8 milhões por "propriedades de marketing". 
  4. Corinthians
    Divulgação/Corinthians

    Corinthians

    Alguns meses depois de acertar a compra dos Naming Rights da Arena do Corinthians, a Neo Química, da Hypera Pharma, também fechou o patrocínio máster da camisa Alvinegra. O Timão anunciou que receberá R$ 17 milhões fixos por ano com o acordo, além de ganhos variáveis com participação nas receitas de alguns produtos da empresa.

  5. Santos

    Santos

    O Santos está sem patrocínio master desde o fim de 2018, quando terminou o acordo do clube com a Caixa.
  6. Grêmio e Inter
    Ricardo Duarte/SC Internacional

    Grêmio e Inter

    Os rivais gaúchos são patrocinados pelo banco Banrisul, que paga cerca de R$ 16 milhões anuais para cada um para ter marcas expostas em diferentes espaços da camisa. O acordo vai até o final de 2021.
  7. Vasco
    Getty Images

    Vasco

    No dia 20 de março de 2019, o clube anunciou o acerto de cinco anos com o banco BMG. O Vasco não revelou detalhes do patrocínio, mas o modelo de negócio segue o que o BMG tem feito com o Corinthians e o Atlético Mineiro, com a criação de um banco com marca do time e a divisão do lucro da nova ferramenta, além de uma cota fixa de R$ 8 milhões.

  8. Botafogo
    Reprodução

    Botafogo

    A QVE Brasil, empresa de tecnologia da área da saúde, acertou o patrocínio master do Botafogo em 23 de outubro de 2020. De acordo com o Globo Esporte, o clube receberá cerca de R$ 500 mil por mês da companhia, o que dá um valor de R$ 6 milhões por ano.
  9. Fluminense
    Lucas Merçon/Fluminense FC

    Fluminense

    O Fluminense não tem um patrocinador máster desde agosto de 2018, quando rescindiu com a Valle Express. 

  10. Atlético-MG
    Getty Images

    Atlético-MG

    O BMG também é o patrocinador master do Galo, que não revelou valores. O acordo também prevê contas exclusivas para torcedores do clube, com parte do lucro direcionado ao Atlético, além de um valor fixo. 
  11. Cruzeiro
    Gustavo Aleixo/Cruzeiro EC

    Cruzeiro

    Em crise financeira, o Cruzeiro iniciou a temporada 2020 com o Supermercados BH na área nobre da camisa. Não há informações sobre o acordo. Em 2019, o Banco Digimais foi o patrocinador máster do clube celeste.
  12. Athletico-PR
    Miguel Locatelli/Athletico-PR

    Athletico-PR

    O clube anunciou em fevereiro de 2020 que não renovou o acordo com o Banco Digimais, que foi patrocinador máster da equipe paranaense desde março do ano anterior.