Tiquinho Soares, Botafogo 2023Vitor Silva/Botafogo

Todas as vezes em que o Botafogo foi líder do Brasileirão

Das coisas que acontecem só com o Botafogo, uma das mais bizarras é que a sua melhor campanha de Brasileirão por pontos corridos seja, também, a mais dolorosa de todas. A equipe fez o melhor primeiro turno da história, o título estava na mão... mas um dos piores segundos-turnos da história, com viradas inacreditáveis e uma coleção de gols tomados no final deve tirar o título dos alvinegros.

Apenas em 2023, foram mais de 30 rodadas na ponta da tabela até, enfim, cair nas últimas rodadas. A GOAL lista abaixo todas as vezes em que o Glorioso esteve na primeira posição da tabela, e relembra o destino final na competição daquele ano.

Mais artigos abaixo

A pesquisa não considera, por exemplo, ocasiões em que o Botafogo esteve empatado com o líder mas perdia nos critérios de desempate. Sem nunca ter conquistado a Série A do Brasileirão neste formato que vigora desde 2003, o Alvinegro acumula mais de 50 rodadas na liderança do Campeonato Brasileiro.

Em 2007, o time que tinha como referência o atacante Dodô deu indícios de que disputaria o título no primeiro turno. Entretanto, após o artilheiro cair no exame antidoping, por causa de uma substância usada para perda de peso, o desempenho botafoguense caiu vertiginosamente sem o seu goleador, e também em meio a uma crise na posição de goleiro.

Em 2013, o time contava com Seedorf e outros bons nomes. Mas seguia sem profundidade de elenco. A esperança do botafoguense é que esta situação tenha mudado agora em 2023, para fazer o clube disputar até o fim o seu tão sonhado título brasileiro – que não vai para a Estrela Solitária desde 1995.

Agora em 2023, o time que surpreendeu e passou a ser favorito ao título já precisou lidar com a saída do técnico Luís Castro, com a demissão de Bruno Lage e de Lúcio Flávio. Um roteiro inacreditavelmente cruel tirou das mãos alvinegras uma taça que parecia estar garantida.