Exclusivo: Arrascaeta prevê boa Copa para o Uruguai, aponta favoritos e faz revelações sobre Suárez e Messi

Comentários
Em entrevista à Goal Brasil, camisa 10 da Celeste Olímpica e do Cruzeiro também fala sobre seu grande sonho

Talento impressionante. Enorme qualidade técnica, grande visão de jogo, bons passes, habilidade e maestria para bater na bola e marcar golaços, como o deste domingo (13), na vitória do Cruzeiro sobre o Sport, por 2 a 0, no Mineirão, pelo Campeonato Brasileiro.

Camisa 10 do Uruguai e do Cruzeiro, Arrascaeta segue jogando demais e provando que além de uma das melhores revelações do futebol sul-americano nos últimos anos, merece defender a Celeste Olímpica na Copa do Mundo de 2018.

A lista dos convocados pelo maestro Óscar Tabárez será divulgada nesta segunda-feira (14), e Arrascaeta provavelmente estará presente. A expectativa é que o camisa 10 seja titular, peça importante e ajude o time liderado por Diego Godín, Edinson Cavani e Luis Suárez a brilhar na Rússia.

Arrascaeta Uruguai(Foto: Adam Nurkiewicz/Getty Images)

O Uruguai, afinal, tem tudo para avançar ao mata-mata e tentar fazer uma grande Copa, quem sabe repetindo o desempenho de 2010. Qualidade para isso existe, e a Celeste Olímpica não caiu em um grupo dos mais complicados, estando ao lado de Egito, Rússia e Arábia Saudita na chave A.

Os anfitriões não vivem seu melhor momento e possuem uma equipe muito limitada, apesar da força da torcida e da empolgação serem fatores importantes. Já a Arábia Saudita tem o selecionado mais fraco do grupo, enquanto o Egito, de Mohamed Salah, deve criar as maiores dificuldades para o Uruguai, que possui o time mais experiente e qualificado tática e tecnicamente da chave.

Não à toa, Arrascaeta, que segue jogando demais no Cruzeiro e também aproveitou bem suas chances na seleção uruguaia, acredita em um bom Mundial tanto para ele quanto para o seu país.

"O Uruguai tem um time importante agora. Jogadores muito experientes e meninos que estão crescendo bem agora. Então pode ser uma mescla muito positiva para o Uruguai. Mas a Copa do Mundo é um torneio muito particular e é preciso ir devagar, jogo a jogo e pensando sempre em ganhar", diz o camisa 10, em entrevista exclusiva à Goal Brasil.

"O cara que tem a possibilidade de jogar a Copa sempre tem que sonhar e pensar positivamente. É claro que o Uruguai tem muitos jogadores importantes e a lista é pequena, mas eu pessoalmente também penso no Cruzeiro e em dar meu melhor para o time. Depois, o treinador (Óscar Tabárez) vai me convocar ou não", completa o meia.

Arrascaeta também aponta os favoritos ao título na Rússia. "Pelo futebol que vem apresentando, o Brasil é um dos principais favoritos. Alemanha... França que também vem muito forte", opina.

Parceria

Atuando com a camisa 10 no meio-campo, Arrascaeta tem feito uma boa parceria com as estrelas Luis Suárez e Edinson Cavani no setor ofensivo uruguaio.

Os dois craques defendem Barcelona e PSG, respectivamente, e têm 31 anos, enquanto o jovem astro do Cruzeiro tem apenas 23. Não à toa, ele aprende muito com os atacantes e também com o zagueiro Diego Godín (32), as três grandes referências uruguaias e os líderes do time de Óscar Tabárez.

Arrascaeta Godín UruguaiLuis Suárez Arrascaeta Uruguai
(Fotos: JUAN MABROMATA/AFP/Getty Images e AFP/Getty Images)

"Obviamente, eu fiquei impressionado porque desde menino sonhava em estar nesse lugar, mas depois os caras te tratam muito bem e te fazem se sentir parte do grupo muito rápido para ter confiança e dar o seu melhor. E isso é fundamental para sempre estar positivo dentro de campo", conta.

"Dentro de campo, todo mundo os conhece, mas é fundamental as pessoas que eles são fora de campo. Dentro de campo todo mundo vai dar o melhor e eles são muito positivos, mas fora de campo, eles são fundamentais pelas pessoas que são", comenta.

E no meio de tantos craques com quem Arrascaeta já jogou e enfrentou, talvez seja difícil escolher os dois que mais lhe impressionaram contra e a favor, não é? Na verdade não. Sem ter dúvidas, o camisa 10 não pensa muito na hora de escolher os jogadores que mais lhe chamaram a atenção.

"Acho que quando eu joguei com o (Luis) Suárez... Eu sempre via ele na TV e quando joguei com ele, a capacidade que ele tem para ajudar o time... E também sozinho na frente ele faz coisas impressionantes. Ele joga em uma grande liga, está entre os melhores do mundo. O Suárez tem uma capacidade impressionante para concluir jogadas. Quanto ao melhor que enfrentei, eu não enfrentei ele, mas vi o Messi de perto na Copa América, e creio que ele é o melhor jogador do mundo por tudo o que faz dentro de campo", afirma.

Sonho

O meia uruguaio ainda falou sobre seu grande sonho para o futuro da carreira. Arrascaeta garante estar focado no Cruzeiro e querer fazer seu melhor e conquistar títulos pela Raposa, mas tem vontade de brilhar na Europa, mais precisamente em La Liga.

"Desde menino sempre sonhei em jogar nas grandes ligas da Europa, mas preciso ir passo a passo. Já dei um grande passo de chegar a um grande clube do Brasil. Agora é dar continuidade e fazer o melhor dentro de campo. Eu sempre gostei de La Liga, mas não tenho um time especial em que sempre quis jogar", revela.

Próximo artigo:
Maurizio Sarri teme desgaste físico e traça estratégia para proteger Hazard
Próximo artigo:
Qual será o tempo de suspensão de Cristiano Ronaldo na Champions League?
Próximo artigo:
Unai Emery confirma estreia de Bernd Leno na Europa League e pede paciência ao goleiro
Próximo artigo:
Companheiro de Juventus defende CR7 e vira polêmica na Europa: "não somos mulheres"
Próximo artigo:
Bélgica sobe no Ranking FIFA e divide liderança com a França
Fechar