Enderson Moreira não merecia este fim no Botafogo

Enderson Moreira Botafogo treino 2021Vitor Silva/Botafogo

Chegou ao fim a era Enderson Moreira no Botafogo. Nesta temporada 2022, foram apenas cinco jogos e uma derrota no clássico contra o Fluminense. O treinador, contudo, não deixa o clube por causa da falta de resultados positivos. Afinal de contas em 31 jogos desde 2021 foram 20 vitórias e apenas 4 derrotas - um aproveitamento de 72% no total.

Enderson não é mais treinador do Botafogo porque não conseguiu convencer John Textor, americano que está próximo de adquirir 90% da SAF alvinegra. Segundo apurado pela GOAL, o Glorioso busca um treinador estrangeiro para a temporada e Luís Castro seria um dos nomes na mira.

Futebol ao vivo ou quando quiser? Clique aqui e teste o DAZN grátis por um mês!

A curiosidade é que antes de comprar o futebol do Botafogo, uma das exigências de Textor era a de que o time a ser adquirido por ele estivesse na primeira divisão do futebol brasileiro. E o Botafogo só conseguiu voltar à elite porque Enderson fez um excelente trabalho em 2021: tirou o Alvinegro da 14ª colocação e conduziu a equipe ao acesso com título - em uma Série B das mais difíceis, que também contou com outros gigantes como Vasco e Cruzeiro.

Ou seja: Enderson teve importância para o Botafogo ser escolhido por Textor, mas Textor não o escolheu para ser o treinador neste primeiro ano da SAF alvinegra sob suas ordens.


As notícias ao menos dão conta de que a demissão não foi motivada pelos resultados deste 2022. Não é daquelas que tanto acontecem em meio a estaduais Brasil afora. 

Mais artigos abaixo

O Botafogo está no meio de um processo complicado, em que busca enfim se estruturar, e muitas outras mudanças virão. O planejamento do futebol alvinegro para 2022 só está começando, de fato, agora que Textor está prestes a assinar o contrato definitivo para assumir a SAF do Glorioso. Não começou em janeiro.


De qualquer forma, pelo papel crucial que exerceu, em 2021, em um momento de inflexão para a sobrevivência do próprio Botafogo, Enderson não merecia este fim de história no Alvinegro. 


Talvez fosse melhor esperar os eventuais resultados ruins ou pouco satisfatórios, já com um elenco reforçado, para seguir o conhecido roteiro tão presente em nosso futebol...  Mas fato é que o Botafogo não pode mais esperar e chegou a hora de pensar apenas no que há de melhor. E na avaliação de Textor, Enderson Moreira não é, hoje, o melhor para o que ele pensa a médio-longo prazo para a Estrela Solitária.

Textor ainda vai errar e acertar, assim como Enderson acertou e errou. Ninguém pode prever como será o futebol do Botafogo daqui pra frente, mas duas coisas são inquestionáveis: Enderson sai do Botafogo maior do que quando chegou... E a torcida alvinegra para sempre vai se lembrar dele, e de seu 2021, com enorme gratidão.