Notícias Placares ao vivo
Flamengo

CBF aposta em vontade de Pedro para "amolecer" coração do Flamengo e conseguir liberação

10:51 BRT 18/06/2021
Pedro - Seleção olímpica do Brasil 2021
Jogador foi convocado para disputar os Jogos Olímpicos de Tóquio, mas clube reafirma que não libera

Flamengo e CBF vivem novo capítulo da "guerra" nos bastidores travada pelas duas entidades. Desta vez, o atacante Pedro é quem se vê no meio do conflito. O jogador foi convocado por André Jardine para disputar as Olímpiadas de Tóquio, mas já havia sido comunicado pelos dirigentes do time rubro-negro que não seria liberado. 

Futebol ao vivo ou quando quiser? Clique aqui e teste o DAZN grátis por um mês!

O Flamengo, inclusive, chegou a enviar um ofício avisando que não liberaria Pedro e o nome do jogador, que saiu na lista anunciada na última quinta-feira (17), causou indignação dos dirigentes. A CBF, por sua vez, sabendo do sonho do atleta, jogou um peso no clube. Segundo apuração da Goal, pessoas ligadas a entidade acreditam que a vontade do jogador pode "amoceler" o coração do clube. 

Pedro chegou a se manifestar através das redes sociais, comemorando a convocação. Ele ressaltou que esta é a recompensa pelo trabalho do dia a dia. O jogador também agradeceu ao clube, o que reforça a responsabilidade do Flamengo neste momento. 

A justificativa do Flamengo para a não liberação de Pedro é que Gabigol e Everton Ribeiro estão neste momento com a seleção principal. Caso o Brasil chegue na final da Copa América, a dupla só retornaria ao clube a partir do dia 11 de julho. A apresentação dos atletas que atuam no país e vão disputar a Olimpíada acontece no dia 8 de julho.

Sendo assim, mesmo com o desejo do atacante, no entanto, a diretoria reafirma que não vai liberar o jogador. A decisão é do presidente Rodolfo Landim. A entidade deve procurar o mandatário do clube nos próximos dias e tentar resolver a situação. Internamente, uma reviravolta não é tratada como impossível, mas sim com probabilidade "muito baixa". 

Pedro, que teve teste positivo para a Covid-19, testou negativo na última quinta-feira (17). O resultado libera o atleta para retornar os treinos, mas não poderá ficar à disposição para jogar contra o Red Bull Bragantino, neste sábado, no Maracanã. De acordo com o regulamento, ele só pode voltar a jogar após 10 dias de isolamento.