Arrascaeta já sabe que dificilmente volta para o Cruzeiro depois da Copa

Última atualização
Comentários()
Em negociação com o Monaco, meia uruguaio deve se despedir da Raposa no duelo com o Racing no Mineirão

O confronto com o Racing, nesta terça-feira (22), no Mineirão, pela Copa Libertadores, deve marcar o adeus de Arrascaeta do Cruzeiro. A Goal sabe que o meia-atacante uruguaio, pré-convocado para disputar a Copa do Mundo na Rússia, já foi informado pelos representantes Javier Manzo e Daniel Fonseca que uma negociação com o mercado europeu está muito bem encaminhada.

Hoje, o Monaco é o grande favorito para garantir a contratação do camisa 10 da Raposa. As conversas com o clube francês estão em andamento há duas semanas, sendo intermediadas pelo famoso agente português Jorge Mendes, que recentemente recebeu carta branca da diretoria celeste para negociar mais de dez jogadores do elenco.

Nas primeiras tratativas com o time dos brasileiros Jemerson, Fabinho e Gabriel Boschilia, o valor da transferência discutido girava em torno de 20 milhões de euros (R$ 86 milhões). Os franceses, no entanto, estavam confiantes numa redução do montante, visto que o Cruzeiro precisa de dinheiro para quitar antigas dívidas e equilibrar o caixa.

Mais artigos abaixo

Revelado pelo Defensor Sporting, Arrascaeta nunca escondeu o sonho de jogar no futebol europeu. Em bate-papo com pessoas próximas, o jogador de 23 anos admitiu que vê com bons olhos a transferência para o Monaco, principalmente por causa do crescimento da Ligue 1, uma melhor adaptação em elenco com vários sul-americanos e também pelo fato de disputar a Champions League na próxima temporada.

Outro interessado no uruguaio é o Wolverhampton, recém-promovido à Premier League. O nome do meia-atacante também foi colocado em pauta por Mendes. O megaempresário, vale destacar, tem passe livre no clube inglês, onde representa diversos atletas, entre eles Rúben Neves, Diogo Jota e Hélder Costa, e ainda o treinador Nuno Espírito Santo.

Em alta na temporada, Arrascaeta acertou em fevereiro deste ano a renovação com a Raposa - ampliou o contrato até 2021 e teve a multa rescisória ajustada para R$ 120 milhões (28 milhões de euros).

Próximo artigo:
Goiás pede que PM não dê punição a policial que comemorou com torcida
Próximo artigo:
Edmílson diz que ida ao PSG foi um erro e pede "cabeça no lugar" para Neymar
Próximo artigo:
Aposta em Malcom fez Barcelona desistir de Pedrinho, que tem caminho livre para o Real
Próximo artigo:
Ederson dá conta do recado, o brilho do Richarlison e as cinco lições de Brasil x Camarões
Próximo artigo:
Mazinho aponta negociação de Rafinha do Barcelona: "Não tem continuidade jogando"
Fechar