Eliminado na 'pré': como fica o histórico do São Paulo na Copa Libertadores?

Comentários()
NELSON ALMEIDA/AFP/Getty
Saída precoce é um episódio negro na história vencedora do Tricolor, três vezes campeão da América

Naquela que foi sua pior participação na Copa Libertadores da América, o São Paulo precocemente deu adeus à edição 2019 com apenas dois jogos disputados: após perder o jogo de ida para o Talleres de Córdoba, na Argentina, o Tricolor Paulista empatou sem gols em casa e já está eliminado da competição.

A participação 19 do clube no torneio é um episódio que o torcedor já quer esquecer, e fazer ter saudades das três conquistas continentais - e mesmo de quando ficou no 'quase' em outras três oportunidades.

São Paulo x River Plate - Rogério Ceni - 2005
(Foto:MAURICIO LIMA/AFP/Getty Images)

Confira, a seguir, o histórico do São Paulo na Copa Libertadores.


São Paulo: tricampeão da América


Ao lado de Santos e Grêmio, o São Paulo esteve no topo da América do Sul por três vezes . Bicampeão continental em 1992 e 1993 , disputando as finais contra Newell's Old Boys e Universidad Católica, respectivamente, a equipe, na época comandada por Telê Santana, “apresentou” o campeonato aos times brasileiros que não davam ênfase a competição comparado com os dias atuais.

São Paulo - 1992
(Foto: Divulgação / Site Oficial do São Paulo)

Foi em 2005 que o time paulista entrou de vez para a história da Libertadores ao se tornar o primeiro brasileiro tricampeão. A vitória por 4 a 1, contra o Athletico Paranaense foi uma das maiores goleadas em finais da Copa.


Quase um hexacampeão: os vices


São Paulo x Internacional - Libertadores 2006
(Foto: ANTONIO SCORZA/AFP/Getty Images)

Não apenas de vitórias e títulos viveu o São Paulo na Libertadores: em 1974 o clube da capital paulista perdeu para o Independiente . Já em 1994 , o revés foi para o Vélez Sarsfield . Por fim, a última final disputada pela equipe foi em 2006, contra o Internacional .


Eliminações em semifinais


Ricardo Centurión Sebastian Perez Atletico Nacional São Paulo Copa Libertadores 13072016 (Foto: Rubens Chiri/São Paulo FC)

Por quatro vezes , o São Paulo disse adeus à Libertadores nas semifinais - coincidentemente, sempre caindo para o eventual campeão de cada ano: em 1972 , sua primeira participação na história, acabou caindo no Grupo 2 das semis com Barcelona-EQU e Independiente. Em 2004 , um ano antes do Tri, caiu para o Once Caldas , que também levantou a taça.

Na edição 2010 , viu o Internacional ficar com a vaga graças ao saldo qualificado, mesmo vencendo por 2 a 1 no Morumbi. Por fim, em 2016 , viu o Atlético Nacional da Colômbia vencer por 2 a 0 (na capital paulista) e 2 a 1 (em Medellín) e avançar.


Outras eliminações


Nene Bruno Alves São Paulo eliminado Libertadores 13022019 Em 2019, Tricolor caiu na segunda fase da Pré-Libertadores (Foto: Alexandre Schneider/Getty)

Em 2008 e 2009, o São Paulo caiu nas quartas de final. O time ainda foi eliminado em três ocasiões nas oitavas de final, em 2007, 2013 e 2015. Por outro lado, em 1978, 1982 e 1987, o São Paulo não avançou às fases finais.

Na edição 2019 , o Tricolor protagonizou um dos maiores vexames em sua história ao ser eliminado pelo Talleres de Córdoba apenas na segunda fase preliminar da Copa Libertadores: perdeu por 2 a 0, na Argentina, e ficou num insuficiente empate sem gols no Morumbi.


Tricolor na Libertadores: números gerais


PARTICIPAÇÕES PARTIDAS VITÓRIAS EMPATES DERROTAS GOLS MARCADOS GOLS SOFRIDOS
19 183 90 43 50 280 174

Fechar