Tite escala Fernandinho na vaga de Arthur para estreia contra a Bolívia

Comentários()
Getty Images
O jogador do Manchester City substitui o lesionado Arthur e só iniciou três vezes ao lado de Casemiro sob o comando do treinador

Após a lesão de Arthur, o substituto mais esperado para a vaga no meio-campo era Allan – que entrou no lugar do jogador do Barcelona no amistoso contra Honduras. No entanto, Tite optou por Fernandinho para fazer dupla com Casemiro na estreia da seleção brasileira na Copa América 2019, nesta sexta-feira (14), contra a Bolívia.

Uma escolha marcante simbolicamente: no último jogo competitivo do Brasil, a ausência de Casemiro foi muito sentida pela equipe ao mesmo tempo em que Fernandinho foi crucificado. Estamos falando, obviamente, da derrota por 2 a 1 para a Bélgica, nas quartas de final do Mundial de 2018. Suspenso por causa do acúmulo de cartões amarelos, Casemiro não pôde entrar em campo e Fernandinho foi o titular em seu lugar, ficando marcado pelo gol contra que abriu o caminho para os belgas.

Quer ver jogos ao vivo ou quando quiser? Acesse o DAZN e teste grátis o serviço por um mês!

Mas se a última lembrança é das piores, Tite parece apostar nas suas memórias pré-Mundial de 2018. Desde que assumiu o comando do Brasil, o treinador escalou Casemiro e Fernandinho como titulares em três amistosos que, naquela época cercada de otimismo, aumentaram ainda mais a expectativa por uma campanha vitoriosa nos campos russos: os respectivos jogadores de Real Madrid e Manchester City estiveram juntos nas vitórias sobre Japão (3 a 1), Alemanha (1 a 0) e Croácia (2 a 0).

O que esperar?

Fernandinho Casemiro Brazil Selecao treino 03092017(Foto: Lucas Figueiredo/CBF/Divulgação)

Casemiro e Fernandinho atuam em posições idênticas em seus clubes: logo à frente da linha de defesa, auxiliando nas transições. O que muda, entretanto, são as características de cada um. O primeiro, titular inquestionável de Tite, é um jogador mais de pegada e marcação. Já Fernandinho consegue chegar mais ao ataque, contando com um passe mais qualificado e auxiliando um pouco mais nas oportunidades ofensivas.

GFX Brasil Fernandinho titular

Isso fica claro não apenas nos números dos jogadores por Real Madrid ou Man.City, mas sob o próprio comando de Tite. Nas dez vezes em que foi titular com o treinador, Fernandinho criou, em média, uma chance de gol por partida (10 no total). Casemiro criou menos em média (20 em 25 participações como titular), mas foi mais eficiente: duas assistências.

Fechar