Notícias Placares ao vivo
Argentina

Rendimento da Argentina é incrivelmente menor sem Messi

19:49 BRT 28/03/2018
Lionel Messi Argentina
Confira os números da Albiceleste quando teve o craque da camisa 10 em campo e veja o tamanho de seu poder decisivo

Não foi apenas a ausência de Lionel Messi que fez a seleção argentina perder por 6 a 1 para a Espanha, em amistoso realizado terça-feira (27), em Madri. Entretanto, o peso decisivo do camisa 10 para a Albiceleste está além de qualquer dúvida.

Dentre todos os 153 compromissos disputados por seu país, Messi só não esteve em 30. Desde a chegada de Jorge Sampaoli ao comando técnico, o craque nascido em Rosário disputou todos os jogos válidos pelas Eliminatórias [Uruguai, Venezuela, Peru e Equador] e foi desfalque em quatro amistosos [derrota para a Nigéria, goleada sobre Singapura, vitória sobre a Itália e os 6 a 1 sofridos contra a Espanha].

ARGENTINA SEM MESSI

Otamendi, em cena de sofrimento na derrota para a Espanha (Foto: Getty Images)

Sem contar com a sua referência técnica em campo, a seleção argentina conseguiu 17 pontos de 42 possíveis: foram 4 vitórias, 5 empates e 5 derrotas. Um aproveitamento preocupante de 40,47%.

COM MESSI EM CAMPO

Ele decide! (Foto: Getty Images)

Quando o camisa 10 está nos gramados, entretanto, essa média de aproveitamento salta para 63,53%. Considerando os jogos amistosos, Copa América, Mundial e Eliminatórias foram 49 triunfos, 21 empates e 13 derrotas: 168 pontos de um total de 249 possíveis.

Ou seja: mesmo tendo acabado de sofrer um dos maiores vexames de sua história, a seleção argentina ainda é uma das favoritas ao título mundial na Rússia. E o motivo de tudo isso está em apenas um jogador: Lionel Andrés Messi Cuccittini.