Pelé virou "parça" do Mbappé? Recordes unem craques entre décadas

Comentários()
Getty Images
Os mais jovens a marcarem gols no mata-mata da Copa do Mundo enfim se encontraram... e não faltou entrosamento na resenha!

Após trocarem elogios mútuos nas redes sociais desde meados de 2018, enquanto a França caminhava rumo ao título mundial na Rússia, Pelé e Kylian Mbappé finalmente se encontraram. E durante a conversa, realizada em Paris em evento organizado pela relojoaria Hublot, não faltou entrosamento entre os únicos jogadores sub-20 a terem feito gol em final de Copa do Mundo.

Pelé disse que gostaria de ver Mbappé no Santos, enquanto o meia-atacante francês não poupou referências ao maior da história e até brincou: para romper a barreira dos mil gols (em conta que leva em consideração jogos não oficiais), apenas através do Playstation. A reunião de dois craques de tempos diferentes que mostram: entrosamento não precisa de idade. Prova disso foi a escalada que uniu os caminhos do Rei do Futebol com o jovem que é a maior sensação do esporte.


O primeiro recorde igualado


A relação entre os craques teve início depois que a França eliminou a Argentina, nas oitavas de final da Copa do Mundo, duelo marcado por dois gols de Mbappé. Com o feito, o francês de 19 anos igualou algo que apenas Pelé havia feito em 1958: estufar duas vezes as redes adversárias em mata-mata de Copa do Mundo com menos de 20 primaveras completadas.

“Parabéns, Kylian. Marcar 2 gols em uma partida da Copa te coloca em boa companhia! Boa sorte no resto da competição. Exceto contra o Brasil”, brincou o Rei através de sua conta no Twitter.


A reverência de Mbappé


Após o título mundial conquistado pela França, ao bater a Croácia por 4 a 2, Pelé brincou com outro recorde igualado por Mbappé, autor de um dos gols: “Se o Mbappé continuar a igualar os meus recordes assim, eu vou ter que tirar a poeira das minhas chuteiras novamente”, escreveu.

Mbappé surpreendeu pela resposta, fazendo tributo ao legado do brasileiro: “O Rei para sempre será o rei”, respondeu.


Mbappé, o novo Pelé?


A interação do francês aproximou, através das redes sociais, o que a distância separava. Em janeiro de 2019, Pelé concedeu entrevista à France Football na qual afirmou que Mbappé poderia ser um “novo Pelé”. Meses antes, no final de 2018, o meia-atacante do Paris Saint-Germain postou uma foto com uma camisa autografada do Santos.

“Muito obrigado por esse presente incrível, Rei”, escreveu em agradecimento.

Fechar