Marcos Braz nega Mourinho no Flamengo: “absolutamente nada”

Comentários()
Reprodução/FlaTV
O dirigente também falou sobre a proximidade com Jorge Jesus, contratações e Copa do Brasil

Vice-presidente de futebol do Flamengo, Marcos Braz abriu o jogo sobre a saída de Abel Braga, negociação com novos treinadores e contratações para o futuro. Nesta sexta-feira (31), o dirigente garantiu que o Rubro-Negro ainda não havia entrado em contato com Jorge Jesus antes de Abel Braga pedir demissão e negou os rumores envolvendo uma possível investida para trazer outro português, José Mourinho.

Quer assistir jogos ao vivo e de onde quiser? Assine o DAZN e teste o serviço por um mês grátis!

"Absolutamente nada em relação ao Mourinho. Vocês não vão fazer pegadinha em mim. O Flamengo não estava atrás de Mourinho, de B, de C... o Flamengo estava lá, no mercado. Então como é que foi feito o contato com o Mourinho se em 24h se o Abel saiu daqui ontem?”.

Nada mais a falar sobre Abel Braga

Abel Braga Flamengo 2019(Foto: Getty Images)

O dirigente, além de ter negado a busca por um treinador antes da saída de Abel Braga, que durante a semana pediu demissão por não ter sentido apoio da diretoria em meio à insatisfação dos torcedores em relação ao estilo de jogo apresentado pelo time em 2019, disse entender a chateação do agora ex-comandante e garantiu que o assunto é página virada. E citou, inclusive, a nota oficial que listou o título da Florida Cup – gerando memes e ironias – como forma de apoio a Abel.

"Foi para proteger o Abel. A nota em relação a Flórida Cup, estadual, só foi para proteger o Abel. Não estou aqui concordando ou discordando, a nota foi dada pelo clube, tendo meu respaldo ou não estou junto"

"Não sei se você recorda, há um mês, em uma entrevista coletiva pós-jogo, ele [Abel] disse que sentia necessidade de um esclarecimento, de um posicionamento da diretoria. Então, isso sempre foi uma troca. A posição da diretoria às vezes não é igual a do treinador".

“Entendo o desconforto do Abel, entendo a chateação, mas acho que ele teve apoio, acho que ele teve apoio de toda a comissão técnica. Todos eles. Do Noval, do Pelaipe, do Gabriel, todos... Quanto a mim, quando ele quis botar A, B ou C, sempre teve respaldo. Abel não é o primeiro, não é o único e não é o último técnico que sai chateado. É vida que segue e não vou falar mais desse assunto. A partir de hoje, é página virada o assunto Abel”.

Negociações por Rafinha, Jemerson e Zapata

RAFINHA BAYERN MÜNCHEN GERMAN BUNDESLIGA 18052019(Foto: Getty Images)

“Todo mundo sabe que o principal alvo é o Rafinha. Estive quase uma semana direto com ele. Tudo muito bem encaminhado, tudo certo, não posso dar detalhes sobre essa contratação. É um jogador que ainda tem contrato e uma história com o Bayern”, disse a respeito do lateral-direito, o mais próximo de chegar à Gávea.

Braz, que esteve recentemente na Europa, também falou sobre as investidas por Jemerson e Zapata, respectivos zagueiros de Monaco e Milan, e de Filipe Luís, lateral-esquerdo da Seleção e que está perto de deixar o Atlético de Madrid.

“Esses dois jogadores [Jemerson e Zapata] procedem. Aqui a gente não mente. Posso não responder, mas não minto. Os dois interessam ao Flamengo, mas é um ou outro. Tem que ter calma e o Flamengo terá calma”

“Estivemos com Filipe Luis e apresentamos o mesmo projeto que apresentamos pro Rafinha. Não é só troca de clube, é decisão de vida. Tinha uma convocação da Seleção e ele pediu um prazo. O prazo foi dado, assim como foi dado para o Rafinha”, completou, deixando claro que a busca pelo volante Tiago Maia, do Lille está bastante distante de ser concretizada.

Piris da Motta e liberações da Copa América

Braz também foi perguntado sobre a liberação de Fagner e  Cássio, do Corinthians, para puderem defender a equipe paulista contra o Flamengo no jogo de volta da Copa do Brasil (04) e ironizou a decisão da CBF para não desfalcar o adversário: “Esse enredo já é antigo, o Andrés [presidente corintiano] é muito habilidoso”.

O dirigente também revelou que o volante Piris da Motta, paraguaio, optou por colocar o Flamengo como prioridade momentos antes da Copa América: “O Piris, não sei vai ser convocado ou não vai ser, mas jogará. No questionamento entre Seleção e Flamengo, ele fez a opção pelo Flamengo. Se proceder, só tenho a agradecer a ele”.

Sobre Jorge Jesus, treinador português muito próximo de ser anunciado como novo treinador, Braz confirmou que as conversas iniciaram assim que Abel pediu a sua demissão.

Fechar