Giroud "agradece" ao Arsenal em meio a comemorações do Chelsea

Comentários()
(C) Getty Images
O atacante francês explicou por que não comemorou o gol marcado na final da Europa League, mas garantiu que hoje é um torcedor completo dos Blues

Olivier Giroud abriu o placar na final da Europa League, conquistada nesta quarta-feira (29) pelo Chelsea. Mas não comemorou. Afinal de contas, do outro lado estava o Arsenal – equipe onde o atacante francês passou cinco temporadas e meia, conquistando três vezes a FA Cup.

Em janeiro de 2018, o atacante deixou o Arsenal em meio a uma ciranda causada pelo mercado de transferências: os Gunners contrataram Aubameyang – que nesta quarta não acertou nenhum chute a gol na final londrina da Europa League – junto ao Borussia Dortmund, que por sua vez levou Michy Batshuayi emprestado do Chelsea... que trouxe Giroud para ficar com a vaga de centroavante no Stamford Bridge.

Quer ver jogos ao vivo ou quando quiser? Acesse o DAZN e teste o serviço por um mês grátis!

No Chelsea, Giroud acabou de conquistar a sua segunda taça – já havia comemorado uma FA Cup na temporada passada. Um troféu que, segundo o próprio disse após os 4 a 1 sobre o Arsenal, o tornou um torcedor absoluto dos Blues... embora a gratidão pelo Arsenal seja eterna.

“Acho que foi uma boa final. Nós fomos melhores e mais eficientes no segundo tempo. Estou muito orgulhoso porque este time merecia ganhar alguma coisa. Nós perdemos a Copa da Liga contra o City, mas esta é especial, o segundo maior troféu europeu. É claro que deixei muitos amigos no Arsenal, foi um clube que mudou a minha vida, me deu a oportunidade de viver o sonho de jogar na Premier League. Eu devo muito a eles, então nunca vou me esquecer. É por isso que eu não quis comemorar. Mas por outro lado, estou feliz de ter conquistado este troféu com o Chelsea. Agora eu sou um Blue de verdade. Eu me sinto abençoado”, afirmou após o jogo.

Fechar