Everton Cebolinha fala em tom de despedida do Grêmio; até quando ele tem contrato?

Comentários()
Lucas Uebel/Grêmio/Divulgação
Atacante é observado por clubes da Europa e pode ter feito seu último jogo na arena com camisa do Brasil

Everton Cebolinha deu indícios de que a partida disputada pelo Brasil contra o Paraguai na última quinta-feira (27) pode ter sido a última na Arena do Grêmio.

Em entrevista após a vitória nos pênaltis pelas quartas de final da Copa América, o atacante falou em "gratidão" ao citar o carinho da torcida.

"Eu sempre procurei honrar a camisa do Grêmio. Tenho muita gratidão a esse clube. Eu pude retribuir tudo aquilo que eles apostaram em mim dentro de campo", descreveu Cebolinha.

Quer ver jogos ao vivo ou quando quiser? Acesse o DAZN e faça o teste do serviço por um mês grátis!

O camisa 19 da seleção também destacou o foco em disputar a competição com o Brasil e analisar o futuro após o torneio.

"Vamos decidir várias coisas ainda. Falei para pessoas ligadas a mim que, se chegasse alguma proposta enquanto eu estiver na Copa América, que me deixassem tranquilo para que eu tente manter o foco total aqui. Ainda sou jogador do Grêmio", completou.

Em agosto de 2018, Cebolinha renovou seu vínculo com o Tricolor gaúcho até 2022. O antigo contrato era válido até 2020 e a multa rescisória atual gira em torno dos 60 milhões de euros (cerca de R$ 261 milhões).

Fechar