As 20 transferências mais caras do futebol brasileiro para o exterior

Neymar - Santos x São Paulo, Paulista 2013

Não há como negar: o futebol brasileiro é um exportador de talentos. Especialmente para a Europa, destino que é o sonho de milhões de aspirantes a craque desde muito cedo. Grandes jogadores ou apenas jovens promessas estão sempre na mira dos clubes e seus planos de transferências, movimentando milhões de reais. O ranking que você vê abaixo mostra os valores dessas vendas e também quanto os times europeus buscam talentos cada vez mais jovens no Brasil.

Durante muito tempo a maior venda da história do futebol brasileiro foi a de Denílson para o Real Bétis, da Espanha, em 1998. Na época, o jogador do São Paulo tinha 21 anos. Neymar, que muitos anos depois ficaria com a vaga no topo, deixou o Santos com 22 anos. Já Rodrygo e Vinícius Júnior foram para o Real Madrid com menos de 20 anos. Endrick bateu esse recorde: já está vendido para o mesmo Real antes mesmo de fazer 18 anos, que é quando a transferência vai se concretizar.

Clubes espanhóis, aliás, são os destinos preferidos nesta lista. Especialmente o Real Madrid. Entre os vendedores, o Santos é o com maior número de joias vendidas para o futebol europeu. Logo depois vêm o Flamengo e o Internacional. O último jogador a entrar para a lista foi o volante Danilo, que deixa o Palmeiras em direção ao Nottingham Forest, da Inglaterra.

  • Paulinho,Tottenham HotspurGetty Images

    21Paulinho | do Corinthians para o Tottenham | € 20 milhões

    O meio-campista deixou o Parque São Jorge como um imortal, depois de ter feito parte do time campeão da Libertadores e Mundial em 2012. O Tottenham viu potencial e apostou pesado em sua contratação, embora a passagem pela Inglaterra tenha sido abaixo do esperado.

  • Danilo unvelied at Nottingham Forest 16012023Nottingham Forest FC

    20Danilo | do Palmeiras ao Nottingham Forest | € 20 milhões

    Revelação do Verdão e titular incontestável de Abel Ferreira em 2021 e 2022, Danilo se juntou a Gustavo Scarpa, seu ex-companheiro no clube paulista, no recém-promovido Nottingham Forest, da Premier League.

    O clube, que investiu pesado para permanecer na elite do futebol inglês, desembolsou 20 milhões de euros (algo em torno de R$ 112 milhões, na época) para ter o jogador em janeiro de 2023, na segunda metade da temporada.

  • Bruno Guimarães e Juninho - Lyon

    19Bruno Guimarães | do Athletico-PR para o Lyon | € 20 milhões

    Um dos últimos a conseguir chegar ao top 20 de maiores transferências do futebol brasileiro para a Europa, em valores absolutos, foi Bruno Guimarães. O Lyon pagou 20 milhões de euros para tirar, em 2020, o jovem meio-campista do Athletico-PR.

  • Lucas Severino RennesGetty Images

    18Lucas Severino | do Athletico-PR para o Rennes | € 21,3 milhões

    O Rennes, da França, pagou pouco mais de 20 milhões pelo atacante – que aparecia na época com destaque inclusive na seleção olímpica.

  • Alexandre Pato MilanGetty Images

    17Alexandre Pato | do Internacional para o Milan | € 22 milhões

    Pato apareceu como um relâmpago no Internacional, na reta final da temporada 2006. O clube já havia, sem ele, conquistado a Libertadores, mas no final daquele ano o jovem atacante chegou a contribuir na campanha do Mundial de Clubes – que seria conquistado com vitória sob o Barcelona. Quando o Milan o contratou, em 2007, a esperança não tinha limites.

  • Robinho ex Real Madrid player

    16Robinho | do Santos para o Real Madrid | € 24 milhões

    O atacante já havia garantido o seu lugar como um dos grandes ídolos do Santos em 2005, mas quando o Real Madrid apareceu com o interesse houve certo desgaste entre o atleta e a diretoria santista. No final das contas, a venda acabou sendo concretizada.

  • Gerson Marseille Ligue 1Getty

    15Gerson | Do Flamengo para o Olympique de Marselha | € 25 milhões

    Empatado com o ex-companheiro de equipe, Gerson custo ao Olympique de Marselha € 25 milhões para retornar à Europa em junho de 2021. O jogador já havia defendido Roma e Fiorentina no Velho Continente, antes de tentar o futebol francês.

  • Gabigol Inter 22092016Divulgação/Internazionale

    14Gabigol | do Santos para a Inter de Milão | € 25 milhões

    O maior ídolo do Flamengo atual é constantemente “acusado” de não ter dado certo no futebol europeu, antes de fazer história como rubro-negro. Quando o Santos o vendeu para a Inter de Milão, em 2016, o atacante chegou com moral no futebol italiano... mas não conseguiu fazer a diferença em uma Internazionale que também não era lá essas coisas dentro de campo.

  • Bernard, Shakhtar donetskother

    13Bernard | do Atlético-MG para o Shakhtar Donetsk | € 25 milhões

    O atacante rápido e baixinho que caiu nas graças da torcida do Atlético-MG campeão da Libertadores, em 2013, foi vendido no mesmo ano em que comemorou o maior título de sua carreira. O comprador foi o Shakhtar Donetsk. Bernard ainda jogaria no Everton, da Inglaterra, e Al Sharjah, dos Emirados Árabes, e Panathinaikos, da Grécia.

  • Yuri Alberto São Paulo Internacional Brasileirão 20012021Ricardo Duarte/Internacional/Divulgação

    12Yuri Alberto | do Internacional para o Zenit | € 25,8 milhões

    Contratado por um valor simbólico junto ao Santos, em 2020, Yuri Alberto teve um começo tímido no Beira-Rio - até deslanchar a fazer gols e garantir a titularidade absoluta do time em 2021.

    O Zenit teve tanta pressa que, ao invés de deixar o jovem artilheiro no Sul do Brasil por mais alguns meses, subiu a proposta para levar Yuri já no começo de 2022, o que faz dele o maior lucro direto que o Colorado teve em uma venda de atleta.

  • Reinier Real Madrid CastillaESPN

    11Reinier | do Flamengo para o Real Madrid | € 30 milhões

    Se o Real Madrid já havia aprovado as atuações de Vinícius Júnior, em 2020 os merengues também viram potencial no jovem Reinier – que no ano anterior havia sido uma espécie de 12º jogador no Flamengo que encantou com os títulos do Brasileirão e da Libertadores. Atualmente o meia-atacante está emprestado ao Girona.

  • Denilson Real BetisGetty Images

    10Denílson | do São Paulo para o Real Bétis | € 31,5 milhões

    Durante muito tempo, Denílson foi a maior venda em valores absolutos do futebol brasileiro para a Europa. Em 1998, um Real Bétis esperançoso com o futuro abriu a carteira para contar com o driblador imparável que vestia a camisa do São Paulo.

  • Oscar Chelsea 2012

    9Oscar | do Internacional para o Chelsea | € 31,9 milhões

    Depois de ter trocado o São Paulo pelo Internacional em polêmica transferência feita ainda antes de estourar no futebol profissional, Oscar não ficou muito tempo com a camisa colorada. O Chelsea ofereceu, em 2012, quase 32 milhões de euros para contar com o jogador.

  • Gabriel Jesus Manchester City training 19012017Manchester City FC

    8Gabriel Jesus | do Palmeiras para o Manchester City | € 32,7 milhões

    O acerto entre Palmeiras e Manchester City pela venda de Gabriel Jesus aconteceu em 2016, mas o atacante ainda conseguiu uns meses no Brasil para ser decisivo no título brasileiro conquistado naquele ano pelo Alviverde.

  • Lucas Paqueta AC Milan 2018-19

    7Lucas Paquetá | do Flamengo para o Milan | € 35 milhões

    O Flamengo acertou a venda de Lucas Paquetá para o Milan em 2018, mesmo ano em que vendeu Vinícius para o Real Madrid. Na Itália, Paquetá não deu muito certo, e se transferiu ao Lyon, da França, onde fez suecesso e passou a ter cada vez mais chances na seleção brasileira sob o comando de Tite. Atualmente, defende o West Ham, na Inglaterra.

  • Arthur Barcelona presentation 12072018

    6Arthur | do Grêmio para o Barcelona | € 40 milhões

    Quando o Barcelona comprou Arthur junto ao Grêmio, em 2018, havia a expectativa de que o habilidoso meio-campista conseguisse se estabilizar como um sucessor de Iniesta ou Xavi no meio-campo do Barça. Expectativa altíssima, claro, mas ainda assim a rápida passagem do ex-gremista pela Catalunha não deixou muitas saudades. Hoje, Arthur busca reencontrar seu melhor futebol atuando pela Juventus, na Itália.

  • Lucas Moura Paris Saint-Germain PSG

    5Lucas Moura | do São Paulo para o PSG | € 43 milhões

    Vendido pelo São Paulo ao Paris Saint-Germain em 2012, Lucas Moura chegou a ocupar o topo da tabela antes de ser ultrapassado por Neymar e, anos mais tarde, pela dupla Vinícius/Rodrygo. Atualmente é jogador do Tottenham, da Inglaterra.

  • 2019-07-21 Rodrygo Real MadridGetty Images

    4Rodrygo | do Santos para o Real Madrid | € 45 milhões

    Caso muito parecido ao de Vinícius Júnior, Rodrygo fez 79 jogos pelo Santos embora a impressão fosse de que poderia fazer muito mais. O Real Madrid o comprou em 2018, pelo mesmo valor pago um ano antes por Vinícius.

  • Vinicius Junior exames Real Madrid 16072018

    3Vinícius Júnior | do Flamengo para o Real Madrid | € 45 milhões

    O terceiro lugar é dividido entre Vinícius Júnior e Rodrygo, e mostra a mudança no perfil dos reforços buscados pelos europeus – que ao invés de optarem por nomes que já conseguiram, ao menos, uma breve consagração aqui no Brasil, apostam em jovens de idade cada vez mais baixa.

    Vinícius Júnior mal havia jogado pelo time principal do Flamengo e já havia sido vendido para o Real Madrid.

  • Endrick Palmeiras 2022:23Getty

    2Endrick | do Palmeiras para o Real Madrid | € 72 milhões

    Aos 16 anos e apenas alguns meses depois de assinar seu primeiro contrato profissional com o Palmeiras, o atacante Endrick já teve sua ida para o Real Madrid acertada. Assim como aconteceu com Rodrygo e Vinícius Jr., por exemplo, ele também foi contratado com apenas poucos jogos no time principal.

    A transferência, no entanto, só vai se concretizar em julho 2024, quando o atacante fizer 18 anos, data mínima para transações internacionais. O pagamento de 72 milhões de euros (60 milhões para o Palmeiras e 12 milhões de taxas), aliás, será dissolvido nestes 18 meses, de forma a ser quitado apenas no momento em que Endrick chegar à Espanha.

  • Neymar Barcelona 2013Getty Images

    1Neymar | do Santos para o Barcelona | ‎€ 88,4 milhões

    Em uma transferência cercada de polêmicas envolvendo a quantia, a ida de Neymar do Santos para o Barcelona segue como a maior, em valores absolutos (sem levar em conta correções inflacionárias de transferências feitas décadas antes), na história do futebol brasileiro.