Neymar - Santos x São Paulo, Paulista 2013Santos FC

As 20 transferências mais caras do futebol brasileiro para o exterior

Não há como negar: o futebol brasileiro é um exportador de talentos. Especialmente para a Europa, destino que é o sonho de milhões de aspirantes a craque desde muito cedo. Grandes jogadores ou apenas jovens promessas estão sempre na mira dos clubes e seus planos de transferências, movimentando milhões de reais. O ranking que você vê abaixo mostra os valores dessas vendas e também quanto os times europeus buscam talentos cada vez mais jovens no Brasil.

Durante muito tempo a maior venda da história do futebol brasileiro foi a de Denílson para o Real Bétis, da Espanha, em 1998. Na época, o jogador do São Paulo tinha 21 anos. Neymar, que muitos anos depois ficaria com a vaga no topo, deixou o Santos com 22 anos. Já Rodrygo e Vinícius Júnior foram para o Real Madrid com menos de 20 anos. Endrick bateu esse recorde: já está vendido para o mesmo Real antes mesmo de fazer 18 anos, que é quando a transferência vai se concretizar. Outro jovem atleta que também vai deixar o futebol brasileiro é Vitor Roque. O atacante do Athletico foi vendido ao Barcelona, mas só vai se juntar ao clube catalão em 2024.

Clubes espanhóis, aliás, são os destinos preferidos nesta lista. Especialmente o Real Madrid. Entre os vendedores, o Santos é o com maior número de joias vendidas para o futebol europeu. Logo depois vêm o Flamengo e o Internacional. O último jogador a entrar para a lista foi o volante Danilo, que deixou o Palmeiras em direção ao Nottingham Forest, da Inglaterra.

Mais artigos abaixo