Atlético-MG x Cruzeiro, Campeontato MIneiro, 30032024Pedro Souza/Atlético

Cruzeiro x Atlético-MG: quem venceu mais vezes o clássico e quais são as polêmicas na contagem?

Atlético Mineiro x Cruzeiro é um dos maiores e mais importantes clássicos do Brasil. Contudo, existe uma confusão matemática sobre o confronto. O grande desafio de elaborar um retrospecto de um duelo que já acontece há mais de 100 anos é que os dois times contabilizam as partidas de maneira diferente e isso cria um impasse.

Muitos clássicos pelo Brasil adotaram um sistema único de contagem para seus jogos. O Gre-Nal (Grêmio x Internacional), o Ba-Vi (Bahia x Vitória) e até o Fla-Flu (Flamengo x Fluminense) trabalham em harmonia numérica das estatísticas. No icônico duelo de Minas Gerais, porém, a realidade é diferente. Mas, afinal, quem venceu mais os clássicos entre Cruzeiro e Atlético Mineiro? A GOAL te responde abaixo!

  • Quer saber, pelo WhatsApp, quem seu time está contratando? Siga aqui o canal da GOAL sobre mercado da bola!

O clássico mais recente

No jogo de volta da final do Campeonato Mineiro de 2024, triunfo do Atlético-MG no Mineirão: 3 a 1. A Raposa saiu na frente, mas o Galo virou e cravou a taça.

Mais artigos abaixo

Quem venceu mais? A contagem do Cruzeiro

Cruzeiro Campeonato Mineiro 03/2021Igor Sales/Cruzeiro

A contagem dos clássicos pelo lado de Cruzeiro soma:

  • 505 jogos
  • 172 vitórias
  • 134 empates
  • 199 derrotas
  • 646 gols marcados
  • 708 gols sofridos

Quem venceu mais? A contagem do Atlético

Hulk Atlético-MG Cruzeiro Campeonato Mineiro 06 03 2022Pedro Souza / Atlético

A contagem dos clássicos pelo lado de Galo soma:

  • 523 jogos
  • 211 vitórias
  • 139 empates
  • 173 derrotas
  • 739 gols marcados
  • 657 gols sofridos

Qual a origem da confusão nas contagens?

Atlético Cruzeiro Mineiro 07 03 2020Bruno Cantini / Agência Galo / Atlético

O principal motivo que faz com que as duas equipes contem as partidas de maneiras diferentes está no período do início dos clássicos. A primeira partida entre os dois clubes aconteceu em 17 de abril de 1921 e desde esse período até meados da década de 1940, não havia a prática de se registrar em súmula oficial os dados e resultados dos jogos. Por isso, há muitos placares que são questionados e podem até ser revistos.

O Atlético Mineiro contabiliza todas às vezes que as equipes foram ao campo de jogo e se enfrentaram. Curiosamente, porém, há partidas que entraram nas contas da Raposa que não constam nos registros do Galo.

Em 2007, os dois clubes tentaram dialogar para unificar os números e, assim, poder fazer uma divulgação mais sólida e precisa a respeito dos números. Entretanto, não houve acordo entre as partes e ambos continuaram a seguir caminhos opostos e isso não deve se resolver tão cedo.

Publicidade