Carlos MiguelRodrigo Coca/Agência Corinthians

Corinthians reduziu multa de Carlos Miguel de R$ 286 milhões para R$ 23 milhões na gestão de Duílio Alves

O Corinthians está muito perto de perder o goleiro Carlos Miguel para o Nottingham Forest, da Inglaterra. A queda da multa rescisória — de € 50 milhões (R$ 286 milhões na cotação atual) para € 4 milhões (R$ 23 milhões) — é o que facilita a saída do atleta no mercado da bola, como soube a GOAL.

Em janeiro de 2023, houve um acordo entre o então presidente do clube, Duílio Monteiro Alves, e o representante do jogador, Gilmar Veloz, para a redução da multa rescisória. O ex-mandatário confirmou à GOAL que a cláusula passaria a exigir o pagamento de € 4 milhões a partir deste ano para uma negociação ao exterior.

O acordo costurado pela antiga gestão causou irritação nos bastidores do Parque São Jorge. Conselheiros e integrantes da antiga administração do Corinthians estão incomodados com a decisão tomada por Duílio Monteiro Alves.

  • Quer saber, pelo WhatsApp, quem seu time está contratando? Siga aqui o canal da GOAL sobre mercado da bola!
Mais artigos abaixo